• Notícias de Última Hora

    quinta-feira, 27 de outubro de 2016

    STF marca para 3 de novembro julgamento contra Renan Calheiros


    A ministra Carmen Lúcia, presidente do STF, marcou para 3 de novembro o julgamento de ação que poderá retirar Renan Calheiros do cargo de presidente do Senado. A questão é se um réu pode ocupar cargos situados na linha de sucessão da Presidência da república.

    Os ministros do STF decidirão se as razões que justificaram o afastamento de Cunha se aplicam às outras autoridades da linha sucessória presidencial. Se a resposta for positiva e no caso de Renan se tornar réu na Lava Jato, onde responde a oito processos, será afastado do cargo.
    RENAN

    O senador Renan não demonstra ter medo de Carmen Lúcia. A defesa que ela fez, disse, é o mesmo que ele fez em relação aos parlamentares. Faltou, entretanto, disse Renan, Camen Lucia ter feito a necessária reprimenda ao juiz que exorbitou em suas funções.

    Nenhum comentário :

    Twitter

    -->

    Culture