• Notícias de Última Hora

    quinta-feira, 10 de novembro de 2016

    Coordenadores do Semarh e IDEMA visitaram terreno em Caraúbas para construção da estação de transbordo

    O projeto Técnico do Sistema de Aterro Sanitário em que Caraúbas será inserido, está sendo executado em todo o território nacional
    Na manhã desta quarta-feira (09), uma equipe da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos – Semarh/RN, juntamente com o Instituto de Defesa do Meio Ambiente –IDEMA, estiveram na cidade de Caraúbas para visitar o terreno onde provavelmente será construído a estação de transbordo do projeto Técnico do Sistema de Aterro Sanitário.

    O prefeito eleito Juninho Alves (PSD), se encontra em Brasília-DF, participando do “Seminário Novos Gestores” da Confederação Nacional de Municípios (CNM) e a nova equipe de gestão recepcionou os representantes Semarh e IDEMA.
    Juninho Alves foi representado pelo seu vice prefeito eleito Paulo Brasil, além de Miguel Araruna, Elionaldo Benevides, Rivaldo Fernandes, Neto de Valdemar, que levaram os coordenadores da Secretaria Estadual de Recursos Hídricos Meio Ambiente (Semarh) e do IDEMA e engenheira Clara Lívia Câmara e Silva, para o reconhecimento do terreno que fica localizado no Assentamento Santa Clara, no caminho da Miranda.
    O terreno é um compromisso de compra do prefeito eleito. Este compromisso da nova administração mostrou para os coordenadores que o nosso município está comprometido e apto para apresentar o projeto e inserir Caraúbas no programa Técnico do Sistema de Aterro Sanitário que está sendo executado em todo o território nacional.
    Os técnicos do IDEMA vieram analisar a situação do terreno em relação a impacto ambiental para ser concedido as licenças necessárias para a realização do projeto. Após o IDEMA analisar a situação do terreno e emitir a licença, a Secretaria de Recursos Hídricos do Meio Ambiente (Semah) realizará os procedimentos para a aprovação do projeto.
    O Aterro Sanitário é a forma de disposição final mais conhecida mundialmente. Deve ser projetado para receber e tratar o lixo produzido pelos habitantes de uma cidade, com base em estudos de engenharia, para reduzir ao máximo os impactos causados ao meio ambiente e evitando danos à saúde pública.

    Nenhum comentário :

    Twitter

    -->

    Culture