MPF identifica 12 mil empresários recebendo Bolsa Família em Alagoas

Um levantamento sobre o programa Bolsa Família, divulgado na manhã desta sexta-feira (11) pelo Ministério Público Federal (MPF), traz que mais de 12 mil empresários em Alagoas recebem irregularmente o benefício. O diagnóstico Raio-X do Bolsa Família se refere ao período de janeiro de 2013 a maio de 2016.
Ao todo, o MPF identificou 13.936 pessoas como suspeitas de receberem irregularmente o benefício em Alagoas. Ainda de acordo com o disgnóstico, durante o período avaliado foram pagos pelo programa no estado R$ 2.732.874.407 e, dentro desse valor, R$ 56.762.351 foram repassados a perfis de beneficiários suspeitos.
Além de 12.376 empresários suspeitos foram detectados 1.497 servidores públicos com família de até quatro pessoas, 336 falecidos, 100 doadores de campanha com o valor maior do que o benefício e 19 servidores públicos doadores de campanha.
A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social ressalta o compromisso com a legalidade e afirma que há visitas domicialiares feitas regularmente pelas coordenações municipais do programa durante o processo de Averiguação Cadastral, realizado anualmente, onde a consistência das informações registradas no Cadastro Único é verificada a partir de cruzamento de dados com outros registros administrativos.
MPF identifica 12 mil empresários recebendo Bolsa Família em Alagoas MPF identifica 12 mil empresários recebendo Bolsa Família em Alagoas Reviewed by Ricardo Adriano on novembro 15, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste