• Notícias de Última Hora

    sexta-feira, 4 de novembro de 2016

    Polícia apreende dinamite e prende 6 suspeitos de arrombar caixas no RN

    Explosivos e maçaricos usados em explosões e arrombamentos de terminais bancários foram apreendidos pela Deicor (Foto: Polícia Civil/Divulgação)
    Cinco homens e uma mulher foram presos nesta quinta-feira (3) suspeitos de participação em arrombamentos a caixas de banco no Rio Grande do Norte. Bananas de dinamite, já prontas para serem usadas em explosões, além de maçaricos e R$ 10 mil foram apreendidos com o grupo. Os suspeitos foram presos em uma operação da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor).
    De acordo com a Polícia Civil, os suspeitos foram presos em residências nos bairros de Ponta Negra e do Planato, nas Zonas Sul e Oeste de Natal, e em Parnamirim, município da região metropolitana.
    Segundo o delegado Emerson Valente, da Deicor, a dinamite foi encontrada na casa de um dos suspeitos, um homem de 35 anos. "Nossa investigação descobriu que o suspeito pertenceu ao Exército Brasileiro e que ele dominava as técnicas de montagem dos explosivos. Na casa dele, nós encontramos vários objetos que são usados para a confecção dos artefatos", explicou Valente.
    Ao todo, foram apreendidos na cada do suspeito 15 quilos de emulsões explosivas encartuchadas - conhecidas como “bananas de dinamites” -,  60 espoletas, material usado para corte como maçaricos e cilindros e uma balança de precisão.
    Para o delegado, a apreensão demonstra que o grupo tinha material adequado para explodir um terminal bancário nos próximos dias. Na casa do suspeito também foi apreendida uma máquina de lavar roupas que estaria sendo usada para limpar as notas roubadas, que ficavam sujas após as explosões.
    Já em Ponta Negra, foram presos quatro homens. Todos tinham passagem pela polícia ou eram foragidos do sistema prisional. Uma mulher de 31 anos ainda foi presa em Parnamirim. De acordo com a Polícia Civil, todos os suspeitos responderão pelo crime de associação criminosa.

    Nenhum comentário :

    Twitter

    -->

    Culture