Aprovados no ENEM poderão ter direito a cursar ensino superior garantido por lei

Foi aprovado pela Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, nesta quarta-feira (7), o Projeto de Lei 690/2015, apresentado pelo deputado federal Beto Rosado (PP), que garante aos estudantes do terceiro ano do ensino médio o direito ao ingresso nas universidades se forem aprovados no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). A proposta agora segue para a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania.
De acordo com o Projeto, os estudantes que conseguirem a pontuação no ENEM para entrar nas universidades terão o direito de obter nas escolas o certificado de conclusão do ensino médio garantido por lei. Assim, as instituições de ensino não poderão impedí-los de ingressar no ensino superior.
“Ao ser aprovado na seleção do ENEM para cursar uma universidade, o estudante já mostra que adquiriu conhecimentos satisfatórios que o credencia para adiantar sua carreira acadêmica. Apresentamos esse Projeto para reconhecer o mérito e o esforço dessas pessoas. A lei evitará também as custas processuais de estudantes que ocasionalmente passam no ENEM, mas ficam com alguma pendência na escola”, frisou o deputado.
Relatorias
Também foram aprovados na Comissão de Educação dois Projetos de Lei relatados por Beto Rosado. O PL 5.618/16 insere, no Programa de Aquisição de Alimentos, a distribuição de sementes para a plantação de hortas nas escolas públicas de educação básica. O PL 3.740/15 reconhece os cursos de agronomia ou engenharia agronômica, de acordo com a tradição da instituição de ensino.
Robson Pires
Aprovados no ENEM poderão ter direito a cursar ensino superior garantido por lei Aprovados no ENEM poderão ter direito a cursar ensino superior garantido por lei Reviewed by Ricardo Adriano on dezembro 07, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste