• Notícias de Última Hora

    quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

    Bombeiros alertam para o uso de pirotecnia nas festividades de ano novo




    Muito utilizados nas festas de fim de ano, o manuseio de fogos de artifício, produtos que têm materiais explosivos em sua composição, exigem cuidados. A correta utilização evita acidentes graves como queimaduras, amputações e incêndios. O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte orienta a população de como comemorar o réveillon com segurança, seja em ambientes domésticos ou em eventos abertos.

    “Com relação aos fogos de artifício é preciso ficar atento à procedência, às especificações técnicas para o uso, a data de validade, se o produto é certificado pelo Inmetro e ainda a faixa etária que ele pode ser utilizado”, explicou.De acordo com o capitão Daniel Gleidson, que atua no Serviço Técnico de Engenharia da corporação, os fogos devem ser utilizados longe de postos de combustível, produtos inflamáveis, fios de eletricidade, fachadas de edifício e florestas. Ele destacou ainda que é prudente evitar soltar fogos perto de animais, pois eles costumam ficar enraivecidos e descontrolados. Também é preciso analisar a classificação dos fogos e para quais ambiente a utilização é permitida.

    O capitão explica que a maior parte dessas ocorrências acontece em festejos dentro de casa, quando a manipulação de explosivos se dá de forma inadequada. “A maior parte das pessoas que compra esse material sequer lê a embalagem, as instruções de uso. Muitos ainda soltam foguetes sob efeito de bebidas alcoólicas ou deixam que crianças e adolescentes manipulem esses artefatos”, observa.

    “Sempre apontar os fogos de artifícios para um local seguro, longe de pessoas, longe de copa de árvores, fiação e prédios. Utilizar algum objeto prolongável, entre sua mão e o artefato explosivo, porque no caso de uma ativação antecipada do fogo de artifício nós não teremos lesões. Toda vez que for soltar, nunca olhar para um rojão ou para a bomba para evitar lesão nos olhos e nas mãos”, explica.

    Em caso de queimaduras, a recomendação inicial é esfriar a lesão com água corrente e fria. Não deve ser colocado nenhum produto em cima, como pasta de dente, manteiga, clara de ovo ou nada que o vizinho diga que se deve fazer. Envolva o membro ou a extremidade queimada e leve a vítima a um hospital, ou a um posto de saúde para que um médico que possa avaliar.

    Via: G1

    Nenhum comentário :

    Twitter

    -->

    Culture