• Notícias de Última Hora

    quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

    Inep divulga gabarito da 2ª aplicação do Enem; uma questão é anulada

    O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) divulgou nesta quarta-feira, 7, o gabarito oficial da segunda aplicação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). A prova aconteceu no sábado e domingo passados, dias 3 e 4. O gabarito pode ser consultado no site do Inep

    Confira (baixe) os gabaritos oficiais do Enem 2016 em formato .pdf:

    Primeiro dia

    Segundo dia

    Uma questão da prova de ciências da natureza e suas tecnologias, aplicada no sábado, foi anulada. É a questão de número 52 na prova amarela, 58 na branca, 88na rosa e 60 na azul.

    Nela, eram apresentados quatro gráficos que representavam a concentração de diferentes gases envolvidos no processo do efeito estufa. A pergunta pedia para que o candidato respondesse, a partir da análise dos gráficos, qual dos gases teve o maior aumento percentual de concentração na atmosfera nas últimas duas décadas.

    Em nota, o Inep afirmou que "embora não haja incorreções nos dados, as escalas apresentadas nos gráficos podem ter dificultado a visualização dos pontos relativos à concentração de gases e assim, a partir de um cálculo mais sofisticado, permitido uma segunda interpretação por alguns participantes. Por esse motivo o Inep optou por anular a questão e, portanto, não considerá-la no cálculo das proficiências". 


    Segundo o instituto, a anulação da questão não tem impacto no resultado final dos candidatos, já que a prova do Enem é baseada na TRI (Teoria de Resposta ao Item), que leva em conta a dificuldade de cada questão para o cálculo da nota final.
    A segunda edição do Enem aconteceu para os candidatos que tiveram o exame adiado por causa da ocupação das escolas. A prova foi aplicada em 166 municípios brasileiros.

    Com o gabarito, o candidato descobrirá quantas questões acertou, mas a nota final só será divulgada em 19 de janeiro.

    *Com informações da Agência Estado via UOL Educação


    Nenhum comentário :

    Twitter

    -->

    Culture