Liturgia da Palavra de hoje (10)

Primeira Leitura (Eclo 48,1-4.9-11)
Leitura do Livro do Eclesiástico.
Naqueles dias, 1o profeta Elias surgiu como um fogo, e sua palavra queimava como uma tocha. 2Fez vir a fome sobre eles e, no seu zelo, reduziu-os a pouca gente. 3Pela palavra do Senhor fechou o céu e de lá fez cair fogo por três vezes. 4Ó Elias, como te tornaste glorioso por teus prodígios! Quem poderia gloriar-se de ser semelhante a ti?
9Tu foste arrebatado num turbilhão de fogo, num carro de cavalos também de fogo, 10tu, nas ameaças para os tempos futuros, foste designado para acalmar a ira do Senhor antes do furor, para conduzir o coração do pai ao filho, e restabelecer as tribos de Jacó. 11Felizes os que te viram, e os que adormeceram na tua amizade!

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.

Responsório (Sl 79)
— Convertei-nos, ó Senhor, resplandecei a vossa face e nós seremos salvos!
— Convertei-nos, ó Senhor, resplandecei a vossa face e nós seremos salvos!
— Pastor de Israel, prestai ouvidos. Vós que sobre os querubins vos assentais. Despertai vosso poder, ó nosso Deus, e vinde logo nos trazer a salvação!
— Voltai-vos para nós, Deus do universo! Olhai dos altos céus e observai. Visitai a vossa vinha e protegei-a! Foi a vossa mão direita que a plantou; protegei-a e ao rebento que firmastes!
— Pousai a mão sobre o vosso Protegido, o filho do homem que escolhestes para vós! E nunca mais vos deixaremos, Senhor Deus! Dai-nos vida, e louvaremos vosso nome!

Evangelho (Mt 17,10-13)
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

Ao descerem do monte, 10os discípulos perguntaram a Jesus: “Por que os mestres da Lei dizem que Elias deve vir primeiro?” 11Jesus respondeu: “Elias vem e colocará tudo em ordem. 12Ora, eu vos digo: Elias já veio, mas eles não o reconheceram. Ao contrário, fizeram com ele tudo o que quiseram. Assim também o Filho do Homem será maltratado por eles”. 13Então os discípulos compreenderam que Jesus lhes falava de João Batista.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Homilia
No Antigo Testamento, o povo de Deus aguardava a volta do profeta Elias. O profeta foi muito ousado e usado por Deus, sua palavra era como o fogo, onde ela chegava queimava, ardia nos corações, porque Elias falava com firmeza, com autoridade e denunciava os pecados do povo. Ele foi o maior dos profetas, por isso aguardavam sua volta, mas Jesus disse: “Elias já veio!”.
Não quer dizer que Elias, segundo a percepção de alguns, reencarnou. De forma nenhuma! O profetismo de Elias foi encarnado na figura de João Batista, por isso ele pregou, anunciou com tanta firmeza, determinação, coragem e ousadia a Palavra de Deus.
João Batista preparou os caminhos do Senhor e veio Elia; agora, o próprio Jesus está no meio deles. Os mesmos que rejeitaram Elias, rejeitaram também João Batista e, óbvio, Cristo.
Sabe, meus irmãos, quando algo vem nos incomodar, ou acolhemos e deixamos que aquilo nos transforme, que nos ajude a rever nossa vida ou, simplesmente, opomo-nos àquilo que a pessoa diz ser contrário, que pensamos e dizemos. Ou, se isso está incomodando a nossa forma de viver e conduzir as coisas, rejeitamos, criamos oposição, porque aquilo está nos tirando da vida cômoda que levamos.
Não gostamos de ser incomodados, mas conduzidos, conduzir a vida na comodidade em que nos encontramos, na situação que levamos as coisas. Porém, quando deixamos que a Palavra de Deus caia em nosso coração, ela incomoda, é como o fogo; ela arde e consome, vai ardendo dentro de nós, provocando rupturas, porque são as rupturas que provocam mudanças em nossas vidas.
Deixe que a Palavra de Deus provoque profundas rupturas na sua vida! Que você possa, a partir da Palavra, romper com o pecado, com a vida errada, com os laços e as coisas pecaminosas que não lhe permitem progredir na intimidade com Deus e Sua Palavra.
Quando nos deixamos incomodar pela Palavra, ela provoca rupturas dentro de nós, mas quando não queremos que ela aja em nós, criamos rejeição. Quanta indiferença há por Deus e Sua Palavra. Digo mais: portaram-se com indiferença e rejeição a Elias, João Batista e Jesus Cristo, com certeza, terão também indiferença com a Igreja, com os profetas, com aqueles que falam em nome do Senhor e Sua Palavra.
Como a sociedade em que vivemos rejeita ensinamentos da Igreja. E quando a sociedade rejeita? Quando a Igreja ensina verdades que contrariam os comportamentos, as escolhas, as “modas”, o modo de viver da nossa sociedade.
A Palavra de Deus vem para moldar a nossa forma de vivê-la, e provocar rompimentos dentro de nós. Deixemos que a Palavra de Deus como o fogo que queima, transforme a nossa estrutura interior!
Deus abençoe você!
Liturgia da Palavra de hoje (10) Liturgia da Palavra de hoje (10) Reviewed by Ricardo Adriano on dezembro 10, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste