Liturgia da Palavra de hoje (7)

Primeira Leitura (Is 40,25-31)
Leitura do Livro do Profeta Isaías.
25“Com quem haveis de me comparar, e a quem seria eu igual?” – fala o Santo. 26Levantai os olhos para o alto e vede: Quem criou tudo isto? – Aquele que expressa em números o exército das estrelas e a cada uma chama pelo nome: tal é a grandeza e força e poder de Deus que nenhuma delas falta à chamada. 27Então, por que dizes, Jacó, e por que falas, Israel: “Minha vida ocultou-se da vista do Senhor e meu julgamento escapa ao do meu Deus?” 28Acaso ignoras, ou não ouviste? O Senhor é o Deus eterno que criou os confins da terra; ele não falha nem se cansa, insondável é sua sabedoria; 29ele dá coragem ao desvalido e aumenta o vigor do mais fraco. 30Cansam-se as crianças e param, os jovens tropeçam e caem, 31mas os que esperam no Senhor renovam suas forças, criam asas como as águias, correm sem se cansar, caminham sem parar.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.

Responsório (Sl 102)
— Bendize, ó minha alma, ao Senhor.
— Bendize, ó minha alma, ao Senhor.
— Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e todo o meu ser, o seu santo nome! Bendize, ó minha alma, ao Senhor, não te esqueças de nenhum de seus favores!
— Pois ele te perdoa toda culpa e cura toda a tua enfermidade; da sepultura ele salva a tua vida e te cerca de carinho e compaixão;
— O Senhor é indulgente, é favorável, é paciente, é bondoso e compassivo, não nos trata como exigem nossas faltas, nem nos pune em proporção às nossas culpas.

Evangelho (Mt 11,28-30)
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, tomou Jesus a palavra e disse: 28“Vinde a mim todos vós que estais cansados e fatigados sob o peso dos vossos fardos, e eu vos darei descanso. 29Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração, e vós encontrareis descanso. 30Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Homilia
Se soubéssemos o quanto o descanso é sagrado, o quanto ele faz bem para a alma e para o coração! Descansar é realmente permitir que a alma e o coração repousem, que o coração, a alma e todo o nosso corpo saiam das fadigas diárias que vivemos.
Viver é bom, mas também cansa viver com responsabilidade, olhando tudo aquilo que são nossos compromissos, nossos afazeres no dia a dia. Como é importante descansarmos!
Deixe-me aproveitar que estamos no mês de dezembro, onde se avista um tempo maior de descanso, para dizer que férias não é luxo, não é privilégio. Férias é necessidade e obrigação para todos nós!
Se quisermos que Deus realmente nos abençoe, saibamos viver o repouso sabático, o sábado; não como o dia da semana apenas, mas como aquele que lembra a necessidade do repouso que tem o nosso corpo, nossa alma e coração.
Se você trabalha para Deus, saiba n’Ele procurar o repouso necessário para sua vida. Deus não nos quer fatigados, cansados nem oprimidos. Não! É verdade que Deus nos quer incansáveis pelo Seu Reino, mas só é verdadeiramente incansável aquele que descansa em Deus de tudo aquilo que faz. Por isso, as férias anuais, o descanso semanal e o repouso a cada noite, quando realmente dormimos, são muito sagrados para a nossa vida.
Não adianta se fatigar, lançar-se para fazer todas as coisas; não adianta se achar um grande empreendedor se não empreende cuidado para sua alma e para o seu coração.
Permita encontrar de Deus afago, descanso, repouso e tranquilidade. Permita que sua alma seja curada dessas inquietações que perturbam, tiram a paz e não permitem ter o descanso interior tão necessário para ter serenidade, prudência, determinação e luz na alma.
Quando nos fatigamos, quando nos envolvemos em coisas demais, perdemos a serenidade interior, vamos atropelando e fazendo as coisas de qualquer jeito. Veja que nos machucamos e nos debatemos muito, misturamo-nos com tantas coisas, porque não sabemos dar à alma o descanso que ela merece.
Quem é ocupado com seus afazeres de casa e família, de criar filhos e tantas outras obrigações, o quanto precisam do descanso de Deus, e o quanto Ele quer que você descanse no Seu sagrado coração!
Um remédio e um bálsamo para a alma são essas duas pílulas do coração de Jesus: a mansidão e a humildade. Não busque coisas muito elevadas para o seu coração, não busque fazer mais do que você pode. Seja manso, saiba viver uma coisa de cada vez, uma coisa a cada tempo; com certeza, a graça de Deus há de conduzir seus passos.
Deus abençoe você!
Liturgia da Palavra de hoje (7) Liturgia da Palavra de hoje (7) Reviewed by Ricardo Adriano on dezembro 07, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste