No RN, idosa de 83 anos é condenada por tentar matar marido a facadas

Foto: Reprodução | Imagem meramente ilustrativa
Uma idosa de 83 anos, condenada em 2015 por tentar matar o ex-marido, teve a pena convertida de regime fechado para prisão domiciliar nesta terça-feira (13). Sob acusação de planejar o assassinato na cidade de Monte Alegre, distante 39 quilômetros de Natal, a mulher e um sobrinho foram condenados por tentativa de homicídio. Ela esfaqueou o ex-marido.

O crime ocorreu em 2014. A idosa já aguardava a decisão judicial em prisão domiciliar desde 2015, quando a polícia cumpriu um mandado de prisão que havia sido expedido pela Justiça potiguar. A mulher ja tinha sido condenada em 2015 a cumprir pena em regime fechado, mas devido ao estado de saúde delicado dela, a pena foi substituída pela prisão domiciliar.

A idosa terá que cumprir recolhimento domiciliar em período integral, autorizando-se apenas eventuais saídas para tratamento de saúde, comparecimento em Juízo sempre que requisitada, comunicação prévia de mudança de endereço e proibição de aproximação a menos de 200 metros da vítima, ex-marido dela.

“Após análise da documentação verifico que, de fato, a apenada não tem condições de permanecer em estabelecimento prisional, devido a idade avançada e suas condições de saúde, conforme documentos anexados”, destaca juíza Ana Paula Barbosa dos Santos, substituta na comarca de Monte Alegre.
No RN, idosa de 83 anos é condenada por tentar matar marido a facadas No RN, idosa de 83 anos é condenada por tentar matar marido a facadas Reviewed by Ericson Matheus on dezembro 14, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste