• Notícias de Última Hora

    segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

    Renan Calheiros, enfim é afastado da Presidência do Senado

    Renan perde a presidência do Senado Federal
    O Presidente do Senado Federal, Renan Calheiros (PMDB), enfim, foi afastado do exercício das funções presidenciais, por ser réu pelo crime de peculato, sendo assim afastado pelo Ministro do STF, Marco Aurélio de Mello, que atendeu uma ação promovida pela Rede Sustentabilidade (REDE).

    O senador alagoano já é citado em 9 processos da Operação Lava Jato e esta decisão já devia ter sido tomada desde que seu nome fora envolvido em vários crimes e por ser um dos nomes de sucessão da Presidência da República, em caso de vacância, logo após do presidente da Câmara.

    Neste final de semana várias manifestações ocorreram pelo país afora e um dos gritos de ordem e pedidos foi o afastamento imediato do senador Renan Calheiros. Mas é salutar lembrar ao leitor de que este afastamento se dá apenas da cadeira de presidente do Senado, e não do exercício de seu mandato de senador.

    "Defiro a liminar pleiteada. Faço-o para afastar não do exercício do mandato de senador, outorgado pelo povo alagoano, mas do cargo de presidente do Senado o senador Renan Calheiros. Com a urgência que o caso requer, deem cumprimento, por mandado, sob as penas da lei, a esta decisão. Publiquem", diz decisão do ministro.  

    Nenhum comentário :

    Twitter

    -->

    Culture