Abandono: único evento nacional agendado para o Mané Garrincha em 2017 foi cancelado


Por falta de público, Flamengo cancelou o “Jogo dos Sonhos” que aconteceria no estádio nacional de Brasília neste fim de semana. Governo espera receber shows e jogos da seleção, porém, até agora, arena é usada apenas como sede de Secretaria de Estado e vistação turística
Estádio de Brasília custou R$ 1,4 bilhão, enquanto em Porto Alegre (RS) o gasto foi só um terço disso
Arena mais cara das 12 construídas ou reformadas para a Copa de 2014, ao custo de R$ 1,4 bilhão, o Mané Garrincha tem futuro incerto no Distrito Federal. Sem tradição no futebol e sem nenhum time nas principais divisões nacionais, a capital do país depende de equipes como Flamengo e Corinthians, além de produtores de eventos, para movimentar o estádio.
Para evitar a total ociosidade, no início do governo, Rodrigo Rollemberg, governador do DF, instalou no estádio três secretarias de Estado – trocando a finalidade principal da arena do esporte para a burocracia e aproveitando para economizar com alugueis. Dois anos depois, porém, apenas a Secretaria de Esporte, Turismo e Lazer continua funcionando no local.
O ano de 2017 começou com dois eventos agendados para o Mané Garrincha: o primeiro jogo do campeonato brasiliense e o Jogo dos Sonhos – evento que une craques históricos do Flamengo e da música, com artistas como Neguinho da Beija Flor. Porém, com a baixa adesão do público, os organizadores decidiram cancelar o jogo do clube carioca que seria realizado ontem (sábado, 21).
Em nota, justificaram que havia uma preocupação com a chuva prevista para o dia, “além de levar em conta o atual cenário político com a ocorrência de diversas manifestações na capital federal, o que afeta diretamente a prestação de serviços como transporte público, metrô e efetivo das forças de segurança pública”.
Abandono: único evento nacional agendado para o Mané Garrincha em 2017 foi cancelado Abandono: único evento nacional agendado para o Mané Garrincha em 2017 foi cancelado Reviewed by Ricardo Adriano on janeiro 22, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste