Corpo de Bombeiros atuará em 18 praias durante Operação Verão 2017

O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN), por meio do Grupamento de Busca e Salvamento (GBS), durante todo o período da alta estação, que se estende até o dia 1 de março, atuará com um efetivo extra de mais de 50 militares, distribuídos do Litoral Norte ao Sul.

Durante este período, a expectativa é que os Bombeiros atuem 18 praias, entre a Região Metropolitana e o interior do Estado. Desde o último final de semana, os guarda-vidas já estão nos locais de banho e de maior concentração de veranistas dando orientações sobre os cuidados no mar, para evitar afogamentos e outras situações de perigo à vida.

O comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte, coronel Sócrates Vieira de Mendonça Júnior explica que a distribuição do efetivo e escolha dos locais de atuação levou em consideração alguns indicadores, como estatísticas das ocorrências, localização geográfica para o pronto emprego e atendimento, periculosidade e fluxo populacional (quantidade de banhistas), e garantiu que tanto a população quanto os turistas estão seguros, se seguir as dicas de segurança.

“A Operação Verão terá o objetivo de realizar atividades de orientação e prevenção aos banhistas na orla, atividades e resgate, busca e salvamento em meio aquático, e atividades auxiliares de socorros de urgência e atendimento de emergência pré-hospitalar às vítimas em meio líquido, obedecendo os protocolos de salvamento”, explica o coronel Sócrates Mendonça.

Os militares trabalharão de forma preventiva com a sinalização da orla com bandeiras de advertência aos banhistas nos locais com maior fluxo e que apresentem correntes de retorno; distribuição de pulseiras de identificação para crianças, momento em que os guarda-vidas prestarão orientações aos pais sobre as condutas de segurança no meio aquático bem como alertá-lo sobre os riscos de acidentes aquáticos caso não haja a devida atenção com as crianças; e a distribuição de folders educativos com dicas de segurança e condutas a serem adotadas para um lazer seguro nas praias, numa linguagem acessível.

Estatística

Ao longo de 2016, o Grupamento de Busca e Salvamento registrou 26.766 ocorrências ao longo do litoral potiguar, com destaque para o trabalho de orientação ao público (22.086) e advertência ao público (4.510). Além disso, as praias do Meio (59), Búzios (25), Areia Preta (23) e Redinha (22) foram as que registraram o maior índice de ocorrências no que diz respeito a resgate de vítima em meio líquido, encontro de cadáver, auxílio ao público e encontro de pessoas perdidas.

Dicas de segurança

Não superestime sua capacidade de nadar. Avalie as consequências de um possível incidente.

Em água doce ou salgada, prefira banhar-se em locais rasos e sem correnteza.

Se notar que está sendo arrastado por uma dessas correntes, mantenha-se calmo e tente acenar ou gritar por socorro enquanto nada transversalmente (para o lado, em vez de para o raso).

Não tente salvar pessoas vítimas de afogamento sem estar habilitado. Neste caso, lance algum objeto que a ajude a vítima a flutuar e acione guarda-vidas ou a emergência pelo telefone 193.

Crianças exigem cuidado redobrado. Não as perca de vista.

Sempre que possível, opte pelo uso do colete salva-vidas ao invés de objetos flutuantes.

Nunca nade após ingerir bebidas alcoólicas, alimentos ou se estiver passando mal ou com frio.

Evite aproximar-se de costões. Ao caminhar sobre as pedras destes ambientes, observe antes se uma onda não poderá atingi-lo e jogá-lo no mar.

Antes de mergulhar, certifique-se da profundidade. Um acidente pode provocar sequelas irreversíveis.

Não entre no mar quando ingerir bebidas alcoólicas e logo após as refeições.

Corpo de Bombeiros atuará em 18 praias durante Operação Verão 2017 Corpo de Bombeiros atuará em 18 praias durante Operação Verão 2017 Reviewed by Ricardo Adriano on janeiro 04, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste