Governo Temer negocia base de Alcântara com os EUA

O governo Temer assumiu que pretende entregar a base de Alcântara, no Maranhão, para o uso do governo estadunidense de Donald Trump. O Centro de Lançamento (CLA), a pouco mais de 30 km de São Luis, é considerado estratégico por sua posição próxima à Linha do Equador.
A negociação, comandada pelo ministro das Relações Exteriores, José Serra (PSDB) – o mesmo autor do projeto que resultou na entrega do Pré-Sal brasileiro para empresas estrangeiras -, quer fazer com que os EUA se utilizem da base para, em troca, poder usar equipamentos fabricados pelo país.
Para Serra, essa é uma das primeiras providências para construir relações com o novo presidente dos EUA, o republicano Donald Trump – alvo no último fim de semana de protestos de cerca de 500 mil mulheres contra a sua posse.
A utilização dos equipamentos, porém, não vai significar qualquer transferência de tecnologia para o Brasil. E pior: para poder usá-los, nosso país terá que aprovar uma lei para que, segundo reportagem do jornal O Globo, “indique de forma técnica e pormenorizada a proteção que será dada a todo componente tecnológico manipulado em solo brasileiro.”
A reportagem afirma, ainda, que o mesmo texto terá que ser analisado pelo Congresso dos EUA – e, caso o brasileiro modifique alguma coisa do “acordo”, os norte-americanos podem cancelar o negócio.
O processo sobre a base de Alcântara já atravessa décadas: foi costurado por Fernando Henrique Cardoso, também do PSDB, durante o seu governo.
Portal PSOL
Governo Temer negocia base de Alcântara com os EUA Governo Temer negocia base de Alcântara com os EUA Reviewed by Ricardo Adriano on janeiro 24, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste