• Notícias de Última Hora

    sábado, 7 de janeiro de 2017

    “Médicos do IJF mataram meu filho”, diz mãe de menino que morreu após complicações

    Garoto de 9 anos deu entrada no hospital com os braços quebrados, passou por amputações e acabou morrendo

    (FOTO: Arquivo pessoal)
    A mãe do garoto de 9 anos Diego Rauã Silva dos Santos, que morreu após complicações médicas ao dar entrada no Instituto Dr. José Frota (IJF) com os braços quebrados, não aceita a morte do filho. Durante o velório do garoto, Daliete Silva acusou nesta quinta-feira (5), em entrevista ao programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, os médicos do hospital de serem responsáveis pela morte do garoto.
    Conforme a mãe da criança, o atendimento ao seu filho foi negligenciado. “Chegamos lá e fomos completamente mal atendidos. Quando falei que o médico tinha falado que meu filho tinha que fazer cirurgia, os enfermeiros alegaram que não seria possível porque no hospital só eram feitas cirurgias nas segundas e quartas-feira. Meu filho entrou com os braços quebrados, sem nenhum hematoma e saiu de lá morto e o braço. Eles mataram o meu filho”, desabafou Daliete.
    5 cirurgias
    Diego Rauã ficou internado no hospital de Fortaleza durante seis dias, e passou por cinco processos cirúrgicos. Segundo a mãe, os enfermeiros e médicos não quiseram atender seu filho. 
    “No quarto dia internado, meu filho estava delirando de dor. Não estava tomando nenhum medicamento. Quando eu chamava as enfermeiras, elas falavam assim: ‘Calma, mãezinha, aqui não funciona assim não. Tem que esperar’; Teve uma, inclusive, que falou ‘mulher, deixa pelo menos a gente respirar, porque acabamos de entrar no plantão'”, detalhou Daliete.
    O caso se tornou confuso e nem os próprios médicos souberam explicar como menino foi a óbito, relata Daliete. Segundo o médico que falou com a mãe do garoto, ele teria morrido de ataque cardíaco, contudo a Perícia Forense ainda irá divulgar o laudo com a causa da morte da criança. O menino foi velado nesta quinta-feira (5), o enterro do garoto acontecerá no fim da manhã desta sexta (6).
    Em nota, o IJF esclareceu que Diego Rauã Silva dos Santos foi acolhido na emergência do hospital no último dia 30 de dezembro, e prontamente atendido para o tratamento de diversas lesões sofridas após uma queda, conforme relatos de familiares.
    “Com a evolução do quadro, o paciente sofreu complicações e, infelizmente, o óbito foi confirmado no dia 4 de janeiro de 2017. As informações obtidas até o momento indicam que todas as condutas adotadas pelo hospital e seus profissionais estão de acordo com as rotinas padrões de atendimento, no entanto, o IJF vai reavaliá-las para fazer a devida apuração”, finaliza a nota.
    Tribuna do Ceará (Por Matheus Ribeiro em Saúde)

    Nenhum comentário :

    Twitter

    -->

    Culture