Após morte de PM, nove pessoas são assassinadas em Ceará-Mirim, RN

PM morto em Ceará-Mirim
Nove pessoas foram assassinadas nas últimas horas em Ceará-Mirim, município da Grande Natal. As mortes aconteceram após o assassinato de um sargento da Polícia Militar, que foi executado com tiros pelas costas na noite desta segunda-feira (20). Jackson Sidney Botelho Matos, de 42 anos, trabalhava no 11º Batalhão. Quanto às vítimas, segundo a própria PM, nenhuma foi identificada até o momento.

A assessoria de comunicação da PM confirmou que seis foram mortos na comunidade de Baixa do Rato, um em Cidade de Deus, outro em Brogodó e um último em Jacoca.
Questionada à cerca de uma eventual represália por causa da morte do sargento, a assessoria de comunicação da Polícia Militar disse que a Polícia Civil vai investigar o caso e que a corporação só vai se pronunciar após a conclusão dos inquéritos.
O sargento Botelho não estava trabalhando quando foi assassinado. Homens armados se aproximaram em um veículo e dispararam nas costas do policial, que estava em uma lanchonete. Ele morreu no local. Nenhum suspeito foi preso até o momento.
Após morte de PM, nove pessoas são assassinadas em Ceará-Mirim, RN Após morte de PM, nove pessoas são assassinadas em Ceará-Mirim, RN Reviewed by Ricardo Adriano on fevereiro 21, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste