Liturgia da Palavra de hoje (22)

Primeira Leitura (1Pd 5,1-4)
Leitura da Primeira Carta de São Pedro.
Caríssimos, 1exorto aos presbíteros que estão entre vós, eu, presbítero como eles, testemunha dos sofrimentos de Cristo e participante da glória que será revelada: 2Sede pastores do rebanho de Deus, confiado a vós; cuidai dele, não por coação, mas de coração generoso; não por torpe ganância, mas livremente; 3não como dominadores daqueles que vos foram confiados, mas antes, como modelos do rebanho. 4Assim, quando aparecer o pastor supremo, recebereis a coroa permanente da glória.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.

Responsório (Sl 22)
— O Senhor é o pastor que me conduz, não me falta coisa alguma.
— O Senhor é o pastor que me conduz, não me falta coisa alguma.
— O Senhor é o pastor que me conduz; não me falta coisa alguma. Pelos prados e campinas verdejantes ele me leva a descansar. Para as águas repousantes me encaminha, e restaura as minhas forças.
— Ele me guia no caminho mais seguro, pela honra do seu nome. Mesmo que eu passe pelo vale tenebroso, nenhum mal eu temerei. Estais comigo com bastão e com cajado, eles me dão a segurança!
— Preparais à minha frente uma mesa, bem à vista do inimigo; com óleo vós ungis minha cabeça, e o meu cálice transborda.
— Felicidade e todo bem hão de seguir-me, por toda a minha vida; e, na casa do Senhor, habitarei pelos tempos infinitos.

Evangelho (Mt 16,13-19)
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, 13Jesus foi à região de Cesaréia de Filipe e ali perguntou aos seus discípulos: “Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?” 14Eles responderam: “Alguns dizem que é João Batista; outros que é Elias; outros ainda, que é Jeremias ou algum dos profetas”. 15Então Jesus lhes perguntou: “E vós, quem dizeis que eu sou?” 16Simão Pedro respondeu: “Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo”.
17Respondendo, Jesus lhe disse: “Feliz és tu, Simão, filho de Jonas, porque não foi um ser humano que te revelou isso, mas o meu Pai que está no céu. 18Por isso eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra construirei a minha Igreja, e o poder do inferno nunca poderá vencê-la. 19Eu te darei as chaves do Reino dos Céus: tudo o que tu ligares na terra será ligado nos céus; tudo o que tu desligares na terra será desligado nos céus”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Homilia
Celebramos, hoje, a festa da Cátedra de Pedro. A palavra “cátedra” vem de cadeira, ou seja, a cadeira daquele que governa, daquele que se senta ali para comandar, estar à frente, ser o primeiro. Na catedral está a cátedra, a cadeira daquele que preside, que governa, e assim é em todas as catedrais do mundo inteiro, a cátedra onde se senta o bispo daquela igreja.
A Igreja no mundo inteiro tem sua central em Roma, na Itália, onde está a cátedra de Pedro, onde se senta o Bispo de Roma para governar a Igreja no mundo inteiro. Isso vem do Evangelho, da Palavra de Deus, da profissão de fé de Pedro, que professou que Cristo é o Messias, o Filho de Deus. Por isso Jesus diz: “Pedro tu és pedra”.
O primeiro nome de Pedro é Simão, e foi o próprio Jesus quem deu um significado novo àqueles que O seguiam, por isso Simão passou a ser Pedro, nome masculino de pedra, rocha, e é sobre essa rocha que a Igreja do Senhor está edificada.
Pedro foi o escolhido, o primeiro dos apóstolos, o primeiro a ser citado, mencionado, a governar a Igreja que se inicia ali em Jerusalém. Então, na figura dele está o princípio, o início da Igreja. Mas ele não a governa simplesmente na autoridade, mas no serviço aos irmãos.
Governar é, acima de tudo, cuidar, velar, manter a unidade da fé, e é isso que estamos celebrando no dia de hoje. Louvado seja Deus, que tem uma Igreja espalhada por todo o mundo e a mantém unida num só rebanho na figura de Pedro.
Pedro para nós, hoje, chama-se Francisco, o sucesso do número 266 no governo da Igreja nesses mais de dois mil anos de história. Assim como diz a Palavra, as forças do inferno nunca poderão vencer aquilo que é a Igreja do Senhor.
Ela passa por tribulações, por dificuldades e tempestades, mas a pedra, que é Pedro, é edificada em Cristo Jesus, por isso o Senhor sustenta Sua Igreja. Rezemos, amemos a Igreja, zelemos por ela, rezemos por aquele que hoje se senta na cátedra, cuja responsabilidade é governar, manter a unidade e o serviço a todos os irmãos.
Deus abençoe você!
Liturgia da Palavra de hoje (22) Liturgia da Palavra de hoje (22) Reviewed by Ricardo Adriano on fevereiro 22, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste