• Notícias de Última Hora

    quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

    Liturgia da Palavra de hoje (8)

    Primeira Leitura (Gn 2,4b-9.15-17)
    Leitura do Livro do Gênesis.
    4bNo dia em que o Senhor fez a terra e o céu, 5ainda não havia nenhum arbusto do campo sobre a terra, e ainda nenhuma erva do campo tinha brotado, porque o Senhor Deus não tinha feito chover sobre a terra, nem existia homem para cultivar o solo. 6Mas uma fonte brotava da terra, e lhe regava toda a superfície.
    7Então o Senhor Deus formou o homem do pó da terra, soprou-lhe nas narinas o sopro da vida e o homem tornou-se um ser vivente. 8Depois, o Senhor Deus plantou um jardim em Éden, a oriente, e ali pôs o homem que havia formado. 9E o Senhor Deus fez brotar da terra toda sorte de árvores de aspecto atraente e de fruto saboroso ao paladar, a árvore da vida no meio do jardim e a árvore do conhecimento do bem e do mal.
    15O Senhor Deus tomou o homem e colocou-o no jardim de Éden, para o cultivar e guardar. 16E o Senhor Deus deu ao homem uma ordem, dizendo: “Podes comer de todas as árvores do jardim, 17mas não comas da árvore do conhecimento do bem e do mal; porque, no dia em que fizeres, sem dúvida morrerás”.

    - Palavra do Senhor.
    - Graças a Deus.

    Responsório (Sl 103)
    — Bendize, ó minha alma, ao Senhor!
    — Bendize, ó minha alma, ao Senhor!
    — Bendize, ó minha alma, ao Senhor! Ó meu Deus e meu Senhor, como sois grande! De majestade e esplendor vos revestis e de luz vos envolveis como num manto.
    — Todos eles, ó Senhor, de vós esperam que a seu tempo vós lhes deis o alimento; vós lhes dais o que comer e eles recolhem, vós abris a vossa mão e eles se fartam.
    — Se tirais o seu respiro, eles perecem e voltam para o pó de onde vieram; enviais o vosso espírito e renascem e da terra toda a face renovais.

    Evangelho (Mc 7,14-23)
    — O Senhor esteja convosco.
    — Ele está no meio de nós.
    — Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
    — Glória a vós, Senhor.
    Naquele tempo, 14Jesus chamou a multidão para perto de si e disse: “Escutai todos e compreendei: 15o que torna impuro o homem não é o que entra nele vindo de fora, mas o que sai do seu interior. 16Quem tem ouvidos para ouvir ouça”.
    17Quando Jesus entrou em casa, longe da multidão, os discípulos lhe perguntaram sobre essa parábola. 18Jesus lhes disse: “Será que nem vós compreendeis? Não entendeis que nada do que vem de fora e entra numa pessoa pode torná-la impura, 19porque não entra em seu coração, mas em seu estômago e vai para a fossa?” Assim Jesus declarava que todos os alimentos eram puros.
    20Ele disse: “O que sai do homem, isso é que o torna impuro. 21Pois é de dentro do coração humano que saem as más intenções, imoralidades, roubos, assassínios, 22adultérios, ambições desmedidas, maldades, fraudes, devassidão, inveja, calúnia, orgulho, falta de juízo. 23Todas estas coisas más saem de dentro e são elas que tornam impuro o homem”.

    — Palavra da Salvação.
    — Glória a vós, Senhor.

    Homilia
    Continuamos aquele discurso de Jesus com os fariseus, porque eles estavam muito preocupados com as coisas externas, porque os discípulos comiam sem lavar as mãos, e aquilo era uma ofensa para a cultura, para o ritual, para a tradição, para a lei judaica. Eles têm uma série de prescrições até em como as mãos devem ser lavadas.
    Não é que não temos que lavar as mãos, mas, às vezes, focamos tanto em práticas exteriores e não nos detemos no essencial, o que está no interior, na alma e no coração.
    É aquela coisa: às vezes, a pessoa se preocupa tanto com a maquiagem, com aquilo que vai demonstrar aos outros! É bom que se cuidem, que tenham um boa aparência, não há problema nenhum nisso! No entanto, muitas vezes, retocamos demais a maquiagem, preocupamo-nos tanto com a face exterior, que não cuidamos do essencial, que é o nosso interior.
    As maquiagens da vida podem até esconder as rugas que temos, mas elas não resolvem os males da alma e do coração. Por isso, é necessário aplicar-se em cuidar das coisas de dentro, porque, querendo ou não, vamos envelhecer, a pele vai sofrer suas deformações, não tem jeito! Entretanto, não é isso que nos torna sujos, impuros ou nos afasta de Deus.
    Não é aquilo que vem de fora que nos estraga. É claro que existem coisas que vem de fora e trazemos para dentro de nós, mas é o que já está dentro de nós ou que entrou em nós que precisa sair.
    Às vezes, você não fala nada, está até caladinho! “Olha como é silencioso!”, mas dentro de você há tanto mau pensamento, mau sentimento, têm tanta coisa impura e suja, que não demonstra, mas guarda, assimila, pensa. Você não falou mal, mas pensou mal. Às vezes, pensa tão alto, que dá até para ver o que está saindo do seu pensamento. Por isso, o trabalho na vida interior é cada dia purificar a alma, o coração e cuidar daquilo que está dentro de você.
    Não viva uma religião de forma errada, porque o mundo já têm muitos artifícios para cuidar das coisas exteriores. Nós não estamos nos detendo no essencial, que é cuidar do nosso interior e do nosso coração. Basta ver o que acumulamos de mágoas, de ressentimentos, de coisas erradas que vêm e guardamos dentro dos porões da alma, do coração, da mente humana.
    É preciso cuidar, acima de tudo e em primeiro lugar, daquilo que permanece para sempre! Não se detenha nem se engane com as aparências, porque nem tudo que aparenta ser é. Não seja também uma pessoa de aparências, que aparenta ser uma coisa, mas dentro de você é outra.

    É preciso o trabalho interior de cuidarmos do nosso coração para tirarmos dele aquilo que, de fato, nos estraga, corrompe, torna-nos impuros, sujos e nos afasta do amor bondoso do Senhor.

    Deus abençoe você!

    Nenhum comentário :

    Twitter

    -->

    Culture