• Notícias de Última Hora

    terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

    Parte de carro alegórico da Unidos da Tijuca afunda e deixa 12 feridos

    Carro que afundou na Unidos da Tijuca
    A parte de cima de um dos carros da Unidos da Tijuca afundou antes de entrar na avenida da Marquês de Sapucaí na madrugada desta terça-feira (28). Segundo informações divulgadas pela Secretaria Municipal de Saúde, 20 pessoas foram atendidas no posto médico do sambódromo.
    Do total, 12 ficaram feridas e oito receberam assistência devido à ansiedade e ao nervosismo. Nove foram transferidas para hospitais, três delas mais com ferimentos mais graves: uma com suspeita de fratura na clavícula esquerda, outra com traumatismo craniano e a terceira com traumatismo abdominal.
    Carro alegórico da Unidos da Tijuca que envolveu-se em acidente
    O segundo carro da Tijuca, que representa a cidade de Nova Orleans, estava pronto para entrar na avenida quando houve o acidente. O desfile chegou a ser interrompido, mas voltou minutos depois. O carro ficou parado enquanto os integrantes eram socorridos. 
    Integrantes das demais alas passaram ao lado do carro para poder entrar na avenida. Após a liberação dos bombeiros, a escola tentou inicialmente retirar o carro da pista pelo primeiro recuo da bateria, mas a alegoria teve que seguir pela avenida, prejudicando a evolução da escola.
    "O carro foi testado três vezes por semana com mais peso do que colocamos hoje. Nessa reta final os testes eram diários. Uma fatalidade enorme. Não podemos parar, querido. Isso aqui é Carnaval. Tem que tirar força do coração e seguir em frente", disse ao UOL Ailton Freitas, diretor de harmonia da Tijuca.
     
    "A Tijuca tem uma obrigação com o público, e com a transmissão. Quem tem que ser atendido está sendo atendido e, de resto, tentamos transcorrer normalmente", disse o carnavalesco Fernando Costa, em entrevista à rádio Band Rio. Com o enredo "Música na alma, inspiração de uma nação", a Tijuca conta a história da música norte-americana. O fio condutor é um encontro real entre Louis Armstrong e Pixinguinha, ocorrido em 1957.

    UOL Rio

    Nenhum comentário :

    Twitter

    -->

    Culture