• Notícias de Última Hora

    quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

    Prefeito Juninho Alves apresenta relatório da transição de gestão pública de Caraúbas


    No final da tarde desta terça-feira, 31, o prefeito Juninho Alves apresentou o relatório de transição da gestão pública de Caraúbas, no tocante as informações repassadas pela administração anterior, para o início do seu governo. Números imprecisos, ausência de documentos, obscuridade de valores, inadimplência, dentre outros problemas, foram encontrados pela comissão nomeada pelo prefeito Juninho Alves.

     De acordo com Juninho Alves, a equipe de transição não teve acesso a todas as informações necessárias, que teriam de ser repassadas pelo governo anterior. “Não tivemos acesso a todas as informações que precisaríamos para dar início à nova gestão. No entanto, concluímos o relatório de conformidade com que nos foi apresentado pela gestão anterior”, explicou Juninho Alves.

    O coordenador da comissão de transição, Alcivan Viana, disse que a ausência de informações foi o principal entrave para a conclusão do relatório, dentro do prazo estabelecido pela justiça. “Mesmo com toda dificuldade de acesso a documentos do município, conseguimos concluir em tempo hábil o relatório que será enviado ao Tribunal de Conta do Estado, mesmo que esse relatório não seja definitivo, por falta de informações”, disse.

    Alcivan Viana, relatou também, que o processo de transição teve início em outubro do ano passado, porém o trabalho da equipe responsável pela mudança de gestão, só foi oficializado na segunda quinzena de novembro, quando, a administração anterior nomeou a comissão responsável para acompanhar a mudança.

    “Em síntese, podemos dizer que a comissão nomeada pela gestão anterior, colaborou com as informações de caráter estrutural, ou seja, imobiliário, as condições dos transportes, dentre outros. O essencial para a nossa equipe de transição, que seria a documentação, nos foi ocultada, eles não repassaram nada dessa natureza, que precisaria para estruturar o começo da nova equipe de governo”, destacou.

    O advogado Joanilson Guedes Barbosa, explicou também que a comissão de transição tem por objetivo analisar três pontos fundamentais na mudança de gestão: situação contábil, financeira e orçamentária do município. “Todavia a parte contábil apresentada pela gestão anterior foi deficiente. Não se entregou documentos do que se resta a pagar, o débito do município, cópia dos parcelamentos existentes, a relação de programas e convênios federais que estão em vigor, as prestações de contas que foram feitas, relação de obras que estão em andamentos, nada disso foram repassadas”.

    O advogado disse ainda, que diante das dificuldades, o prefeito Juninho Alves nomeou uma comissão especial para ter uma posição conclusiva da transição. “O novo prefeito, infelizmente está entrando para administrar, nesse primeiro momento, às escuras, sem conhecer e precisando fechar contas. Para se ter idéia dos problemas, os demonstrativos das prestações de contas 2016 não tem nenhum lançado no sistema do Tribunal de Contas. O município hoje está no Cadastro de Inadimplentes do Governo Federal, com mais de 10 itens de irregularidades”, concluiu.

    Além do advogado Joanilson Guedes e do coordenador Alcivan Viana, a comissão de transição do prefeito Juninho Alves é composta pelos seguintes membros: Giusélio Lobato, Maria Josilene Ferreira, Monique Dantas Barreto, Jaimar Gomes, João Miguel Araruna Câmara, Gilson Monteiro, Antônio Tácio Benevides e Manoel Lúcio Fernandes Filho.









    Assessoria de Comunicação PMC

    Nenhum comentário :

    Twitter

    -->

    Culture