Ufersa Mossoró inaugura usina solar

Usina Solar da Ufersa já é responsável pela produção de 7% da energia consumida na universidade/Foto: Eduardo Mendonça
Há dois meses em funcionamento, a Usina Solar Fotovoltaica da Universidade Federal Rural do Semi-Árido foi inaugura na manhã desta terça-feira, 31, pelo reitor da Ufersa, professor José de Arimatea. A solenidade lotou o auditório da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura. A inauguração, prestigiada pelos representantes da Fapern, Prefeitura de Mossoró, Cosern e Fundação Guimarães Duque, representa um passo importante da instituição rumo ao investimento em energia renovável e preservação ambiental.  Na ocasião, o professor José de Arimatea anunciou que pretende expandir a iniciativa para os campi de Angicos, Caraúbas e Pau dos Ferros.
Apesar do pouco tempo de funcionamento, os professores e pesquisadores da instituição já constatam a viabilidade do projeto que resultou de um prêmio recebido pela Universidade no valor de R$ 1 milhão. Em 2015, a Ufersa conquistou a 2ª colocação no Prêmio Ideia, do Ministério da Educação, voltado para ideias inovadoras na economia de água e energia.
São 580 painéis produzindo 20 quilowatts/hora/Foto: Eduardo Mendonça
Instalada no Campus Leste, a Usina Solar da Ufersa é responsável pela produção de 7% da energia consumida na universidade, o que representa uma economia na conta de energia mensal de R$ 7 mil. “Ainda nesse ano pretendemos triplicar a produção de energia solar na Universidade”, afirmou o reitor José de Arimatea.
O professor adiantou que a Ufersa tem mais R$ 1 milhão de emendas de bancadas garantido para investir em energia renovável. “Quero agradecer o apoio dos parlamentares norte-rio-grandenses a este projeto que representa não apenas um grande benefício financeiro para a nossa instituição, bem como a preservação ambiental”, disse o reitor Arimatea.
O mérito para a conquista é de muitas pessoas,
 reconhece Profa. Diana Lunardi/Foto: Eduardo Mendonça
Para a professora Diana Lunardi, que coordenou o Projeto da Usina Solar, o mérito para a conquista é de muitas pessoas, desde o reitor, passando pelos pró-reitores, professores, técnicos e os inúmeros estudantes que participaram do Prêmio Ideia, cadastrando sugestões inovadores e votando nas melhores propostas. Durante o processo, a Ufersa cadastrou 1.500 ideias, totalizando 730 participantes, conquistado a segunda colocação que resultou na premiação de R$ 1 milhão no Prêmio Ideia para a instalação da Usina Solar Fotovoltaica.
Segundo Júlio César Rodrigues de Sousa, administrador da Ufersa e um dos idealizadores da iniciativa, o projeto foi pensando com o intuito de ser expandido futuramente para os demais campi da Universidade. A questão da sustentabilidade e o envolvimento da pesquisa, do ensino e a extensão também foram princípios norteadores para a iniciativa, além da eficiência e a otimização na utilização dos recursos da instituição.
REALIDADE – No Brasil, a utilização da energia solar ainda é muito pouca utilizada representando apenas 00,2%. O dado foi apresentado pelo professor Ednardo Pereira da Rocha, do curso de Engenharia de Energia da Ufersa Mossoró. A maior produção é de energia hidrelétrica, com 65%; seguida pela termoelétrica, com 30% e, a energia solar com percentual de 3,5%. O Brasil possui atualmente 7.701 usinas solares, estando 152 no Rio Grande do Norte. Dessas, 110 estão instaladas em residências, 28 em prédios comerciais e 14 em instituições públicas.
Para o professor, a energia solar apresenta inúmeras vantagens, principalmente, relacionada a diminuição de perdas técnicas uma vez que a energia é produzida no mesmo local em que é consumida. O custo bem mais barato que o da energia comprada da concessionária é outro benefício relevante. O consumidor da energia solar também pode fazer a compensação pela energia hidráulica caso ele não faça uso da energia solar captada O professor Ednardo citou ainda a importância de diversificar a produção de energia no país.
O professor enalteceu ainda a importância da usina fotovoltaica solar na formação de novos profissionais. “É um verdadeiro laboratório de pesquisas para diversas disciplinas dos cursos de graduação e pós-graduação”, ressaltou, citando pesquisas relacionadas a qualidade de energia, fluxo de cargas, entre outros, além da parte de ensino e extensão”, pontuou.
Ufersa Mossoró inaugura usina solar Ufersa Mossoró inaugura usina solar Reviewed by Ricardo Adriano on fevereiro 01, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste