Para Márcia, Dia da Mulher deve reforçar o fim da violência


Em pronunciamento na sessão plenária desta quarta-feira (8), quando se comemora o Dia Internacional da Mulher, a deputada Márcia Maia destacou que a data tem que ser lembrada mais pela luta contra o preconceito e discriminação do que por homenagens em forma de flores, doces ou cartões. A parlamentar foi uma das propositoras da Sessão Solene realizada hoje no Legislativo em homenagem às mulheres.

“O dia de hoje é principalmente para reforçar a luta da mulher pelo fim da violência física, psicológica e sexual. E ainda o fim do preconceito e da discriminação às mulheres”, afirmou a parlamentar.

A deputada é autora de Projeto de Lei que reserva, para as vítimas da violência familiar, 5% das vagas nas empresas terceirizadas que prestam serviço ao Governo do RN. O projeto chegou a ser vetado pelo Executivo, mas teve o veto derrubado pelos parlamentares. Diante disso, Márcia Maia cobrou a sua execução.

‘Meu projeto passou por todas as comissões técnicas e faço aqui um apelo para que o Governo o coloque em prática, porque muitas vezes as mulheres não chegam nem a denunciar a violência da qual são vítimas, por causa da dependência financeira dos seus agressores e é importante que elas tenham como prover o seu sustento e dos filhos, ingressando no mercado de trabalho, se empoderando e tendo condição de se libertar dessa situação de medo e de agressão”, afirmou.

Portal Assembleia Legislativa do RN
Para Márcia, Dia da Mulher deve reforçar o fim da violência Para Márcia, Dia da Mulher deve reforçar o fim da violência Reviewed by Ricardo Adriano on março 09, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste