A cada 3,5 horas uma pessoa é assassinada no RN, diz instituto

Os 622 homicídios contabilizados no Rio Grande do Norte até este domingo (2) revelam uma média de um assassinato a cada três horas e meia nos primeiros meses deste ano. É o maior índice de violência já registrado no estado, de acordo com dados do Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO). Ainda segundo o instituto, estes números representam um aumento de 28,78% no número de assassinatos em comparação com igual período de 2016, quando 483 pessoas foram vítimas de crimes letais intencionais.

Somente nesse final de semana, entre a sexta-feira (31) e a noite deste domingo (2), o OBVIO contabilizou 24 homicídios no estado. A maioria deles aconteceu em Mossoró, na região Oeste, na capital e na região Metropolitana de Natal.

Foram seis mortes em Mossoró, quatro em Natal, três em São Gonçalo do Amarante e duas em Vera Cruz. Já os municípios de Assu, Baraúna, Canguaretama, Ceará-Mirim, Martins, Nova Cruz, Parnamirim, São Paulo do Potengi e São Vicente tiveram registro de um homicídio cada.

Esse final de semana, com 24 assassinatos, só perde em quantidade para o final de semana dos dias 14 e 15 de janeiro, quando aconteceu o chamado massacre de Alcaçuz. Na ocasião, 26 detentos foram mortos durante um confronto entre facções rivais dentro da penitenciária. Alcaçuz, que fica em Nísia Floresta, na Grande Natal, é o maior presídio do RN.

Faixa etária

O levantamento de dados do Observatório da Violência Letal Intencional avalia também a faixa etária das vítimas. De acordo com o óbvio, das 622 pessoas assassinadas até o dia 2 de abril, 207 estava na faixa etária dos 18 aos 24 anos. Outras 121 vítimas tinham entre 35 e 64. Já na faixa etária de 25 a 29 a quantidade de mortos foi de 107.

Motorista de Uber

Um dos casos de homicídio registrados neste final de semana foi o do motorista de Uber Raimundo Teixeira Martins, de 45 anos. Ele foi esfaqueado durante uma tentativa de assalto na Rua Leopoldo Bretano, no bairro de Nazaré, Zona Oeste de Natal. O crime aconteceu na noite do domingo (2). A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu.

Na tarde desta segunda-feira (3), motoristas do aplicativo Uber promoveram um protesto em Natal contra a violência no estado. Dezenas de motoristas se reuniram na avenida Engenheiro Roberto Freire e saíram em carreata pela Zona Sul da capital.

A cada 3,5 horas uma pessoa é assassinada no RN, diz instituto A cada 3,5 horas uma pessoa é assassinada no RN, diz instituto Reviewed by Ricardo Adriano on abril 03, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste