• Notícias de Última Hora

    sábado, 1 de abril de 2017

    Delação atinge dois senadores e dois deputados do Rio Grande do Norte

    Nossos "representantes", premiados em delação
    A delação do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, pegou boa parte da bancada federal do Rio Grande do Norte que teria recebido doações ilegais para campanhas.
    Dos 11 integrantes quatro estão delatados por Sérgio Machado. São eles: Garibaldi Filho (PMDB) que teria recebido R$ 200 mil da Queiroz Galvão e R$ 250 da Camargo Correia ambas em 2010; José Agripino (DEM) que recebeu R$ 300 mil da Queiroz Galvão em 2010; Walter Alves (PMDB) R$ 250 mil da Queroz Galvão em 2010; Felipe Maia (DEM) também R$ 250 mil da Queiroz Galvão.
    Segundo Sérgio Machado são doações oficiais, mas viabilizadas através de vantagens indevidas oferecidas por empresas prestadoras de serviços da Transpetro.

    Nenhum comentário :

    Twitter

    -->

    Culture