Deputado sugere que governo instaure gabinete de crise para tratar da violência

Proposta partiu do deputado estadual Fernando Mineiro - João Gilberto/Ascom AL-RN
O deputado estadual Fernando Mineiro (PT), em pronunciamento nesta terça-feira (18), sugeriu ao Governo do Estado a criação de um gabinete de crise para “fazer o enfrentamento à questão da insegurança no RN”. Ele demonstrou preocupação com o crescimento dos dados relativos à violência na capital e no interior potiguar.
O gabinete de crise, ainda segundo Mineiro, deve contar com a participação de representantes do Executivo, Legislativo e Judiciário, além dos demais níveis de governo, órgãos municipais e federais ligados à segurança pública e entidades da sociedade civil organizada.
“É preciso que o governador use da autoridade do cargo para convocar a sociedade para fazer o enfrentamento dessa insegurança crescente no Rio Grande do Norte”, declarou, ponderando que essa “cruzada contra a violência” não se refere ao armamento da população, como querem alguns, mas sim à construção de políticas públicas efetivas.
Mineiro destacou, ainda, os diversos estudos sobre a violência realizados por pesquisadores da UFRN, UFERSA, UERN, IFRN, além de universidades/faculdades privadas. Para ele, os dados podem subsidiar o governo na elaboração das estratégias de enfrentamento ao problema.
“É preciso criar um movimento contra a violência e a favor da cultura da paz na sociedade potiguar, envolvendo órgãos públicos e entidades patronais, trabalhadores, igrejas, especialistas, academias, escolas e a mídia, para que tenhamos resultados a médio prazo”, comentou.
Márcio Costa (Portal O Mossoroense)
Deputado sugere que governo instaure gabinete de crise para tratar da violência Deputado sugere que governo instaure gabinete de crise para tratar da violência Reviewed by Ricardo Adriano on abril 18, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste