• Notícias de Última Hora

    sábado, 1 de abril de 2017

    Liturgia da Palavra de hoje (1/4)

    Primeira Leitura (Jr 11,18-20)
    Leitura do Livro do Profeta Jeremias
    18Senhor, avisaste-me e eu entendi; fizeste-me saber as intrigas deles. 19Eu era como manso cordeiro levado ao sacrifício, e não sabia que tramavam contra mim: “Vamos cortar a árvore em toda a sua força, eliminá-lo do mundo dos vivos, para seu nome não ser mais lembrado”.
    20E tu, Senhor dos exércitos, que julgas com justiça e perscrutas os afetos do coração, concede que eu veja a vingança que tomarás contra eles, pois eu te confiei a minha causa.

    - Palavra do Senhor.
    - Graças a Deus.

    Responsório (Sl 7)
    — Senhor meu Deus, em vós procuro o meu refúgio.
    — Senhor meu Deus, em vós procuro o meu refúgio.
    — Senhor meu Deus, em vós procuro o meu refúgio: vinde salvar-me do inimigo, libertai-me! Não aconteça que agarrem minha vida como um leão que despedaça a sua presa, sem que ninguém venha salvar-me e libertar-me!
    — Julgai-me, Senhor Deus, como eu mereço e segundo a inocência que há em mim! Ponde um fim à iniquidade dos perversos, e confirmai o vosso justo, ó Deus-Justiça, vós que sondais os nossos rins e corações.
    — O Deus vivo é um escudo protetor, e salva aqueles que têm reto coração. Deus é juiz, e ele julga com justiça, mas é um Deus que ameaça cada dia.

    Evangelho (Jo 7,40-53)
    — O Senhor esteja convosco.
    — Ele está no meio de nós.
    — Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.
    — Glória a vós, Senhor.
    Naquele tempo, 40ao ouvirem as palavras de Jesus, algumas pessoas diziam: “Este é, verdadeiramente, o Profeta”. 41Outros diziam: “Ele é o Messias”. Mas alguns objetavam: “Porventura o Messias virá da Galileia? 42Não diz a Escritura que o Messias será da descendência de Davi e virá de Belém, povoado de onde era Davi?”
    43Assim, houve divisão no meio do povo por causa de Jesus. 44Alguns queriam prendê-lo, mas ninguém pôs as mãos nele. 45Então, os guardas do Templo voltaram para os sumos sacerdotes e os fariseus, e estes lhes perguntaram: “Por que não o tr ouxestes?”
    46Os guardas responderam: “Ninguém jamais falou como este homem”. 47Então os fariseus disseram-lhes: “Também vós vos deixastes enganar? 48Por acaso algum dos chefes ou dos fariseus acreditou nele? 49Mas esta gente que não conhece a Lei, é maldita!”
    50Nicodemos, porém, um dos fariseus, aquele que se tinha encontrado com Jesus anteriormente, disse: 51“Será que a nossa Lei julga alguém, antes de o ouvir e saber o que ele fez?” 52Eles responderam: “Também tu és galileu, porventura? Vai estudar e verás que da Galileia não surge profeta”. 53E cada um voltou para sua casa.

    — Palavra da Salvação.
    — Glória a vós, Senhor.

    Homilia
    Jesus veio para o nosso meio para provocar “divisão”. Talvez possamos achar estranho quando dizemos que Ele veio provocar divisão, mas não é a divisão no sentido de desunião, mas sim de separar o que é bom do que não é bom, separar o Reino de Deus do reino das trevas. E não quer dizer que Ele chegue provocando desunião, divisão. Nada disso! Mas onde a luz de Deus chega as trevas a repelem, elas não se unem à luz, de modo que a luz de Deus vence as trevas da humanidade.
    Uma vez que as trevas estão sendo vencidas, elas vão se rebelar, vão gritar, querer o seu espaço, e não vão admitir que aquele que traz a luz possa vencê-las. Por isso, meus irmãos, aqueles que não se colocam do lado da luz, mas contra Jesus, não aceitam a luz da verdade, a luz do Evangelho, a luz da Boa Nova, do Reino de Deus, opõem-se à mensagem de Jesus.
    A grande divisão do mundo não são as pessoas umas contra as outras, mas são as pessoas contra a verdade de Deus, contra a luz do Senhor! São aqueles que querem, a todo custo, matar a luz de Jesus presente e viva no meio de nós.
    Por esse motivo, queriam prender Jesus. E quem queria prendê-Lo? Aqueles que não aceitaram Sua luz.
    Não prenda, não expulse, não tire da sua vida a luz de Jesus. Às vezes, não fazemos isso diretamente, nenhum de nós quer se opor a Jesus. Há, no mundo, quem se opõe, quem é do contra, foi assim no passado, e nos dias de hoje é também, mas nós, muitas vezes, comungamos com as obras das trevas, comungamos com aqueles que se opõem à obra de Jesus. Muitas vezes, permitimos que as obras entrem em nossa casa e aprisionamos a Palavra de Deus, Sua graça e Seu amor presente no meio de nós.
    Não prendamos Jesus, coloquemo-nos ao Seu lado, não criemos oposição a Ele, mas fiquemos do Seu lado. Façamos companhia a Jesus, andemos com Ele onde quer que esteja, porque Ele quer caminhar conosco.
    Muitos não aceitarão, muitos não querem a luz de Jesus, mas é a luz d’Ele que precisamos, a cada dia, para transformar nossa vida!
    Deus abençoe você!

    Nenhum comentário :

    Twitter

    -->

    Culture