• Notícias de Última Hora

    segunda-feira, 17 de abril de 2017

    Marcelo Odebrecht mandou recado a Dilma: “Ela cai, eu caio”

    Ex-diretor da empreiteira contou que Marcelo Odebrecht ameaçou entregar documentos que comprovavam caixa dois para a campanha à reeleição de Dilma e Temer
    Em depoimento à Procuradoria-Geral da República, o ex-diretor da Odebrecht João Nogueira disse que o empresário Marcelo Odebrecht, ex-presidente do grupo, enviou recado ameaçador à então presidente Dilma Rousseff para tentar frear as investigações da Operação Lava Jato. Marcelo sinalizou que revelaria documentos sobre repasses ao caixa dois da campanha de 2014, na qual Dilma e Temer se reelegeram. “Ela cai, eu caio”, disse o empresário em mensagem de celular em poder dos investigadores.
    João Nogueira contou que o empreiteiro se encontrou com o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), logo após a reeleição da petista, em Belo Horizonte.
    “A intenção dele, ao encontrar com o Pimentel, era passar mensagem à presidente Dilma, porque era notório que o Pimentel era muito próximo dela. Essa mensagem eu entendi que era a comprovação por meio de documentos que contribuições com recursos não contabilizados tinham sido de fatos realizados à campanha dela, de 2014. Com isso, Marcelo Odebrecht pretendia pressioná-la a tomar providências bastante mais contundentes”, declarou o ex-diretor. “Eram tempos já desesperadores”, acrescentou.

    Nenhum comentário :

    Twitter

    -->

    Culture