• Notícias de Última Hora

    quinta-feira, 13 de abril de 2017

    Um Brasil entregue na mão de bandidos

    O brasileiro atolado em muita lama
    O que se já imaginava, está estampada nas mais variadas páginas de jornais renomados do país, a lama mais podre da 'política brasileira'. 

    A "Operação Lava Jato", que investiga o desvio de bilhões de reais, para os bolsos daqueles que se dizem representar o povo brasileiro, através de empresas multinacionais, como é caso da ODEBRECH, que está jogando no ventilador a maior roubalheira já registrada na história política de nosso país.

    O que se ouve em todas as delações premiadas, é a palavra 'Caixa 2', onde se pede de 1% a 5%, sobre o valor de muitas obras, onde na maioria ultrapassam as cifras dos bilhões.

    Os principais jornais mostraram na noite de ontem (12), que nunca fora entregue valores menores que um milhão de reais, e via-se espantosamente a pergunta do juiz Sérgio Moro, se 'estes valores cabiam em uma mochila', e os delatores diziam: "a depender das notas, cabiam até dois milhões".

    Após as delações, o que se ouviu de nossos 'representantes' foram as palavras que poderiam elevar o grau de santificação de cada um deles, tipo: 'estas delações são descabidas e deslavadas, nunca recebi valores desta empresa'; 'estou tranquilo e com a consciência limpa, confio na justiça'. 

    A verdade é que no nosso país, em todas as esferas federativas, podemos afirmar que não existe político eleito sem o famoso 'caixa dois'. Precisamos rever quem são os nossos representantes? Desde quando eles representam o nosso município, o nosso estado, o nosso país? Quem está se perpetuando no poder político?

    O povo brasileiro precisa fazer a sua reforma política, dentro de sua consciência, da sua avaliação de representação política de nosso município. Precisamos mudar para poder acreditar num mundo melhor.   

    Nenhum comentário :

    Twitter

    -->

    Culture