MDSA e governo do Rio Grande do Norte compartilham dados de assistência social

Foto: Patrick Grosner/MDSA
O ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, assinou nesta quarta-feira (10) um termo de cooperação, sem custos, com o governo do Rio Grande do Norte para compartilhar os dados de monitoramento do Programa Criança Feliz com o software CadRN, desenvolvido pelo governo estadual. 
“Estamos assinando esse termo para estabelecer uma via de duas mãos. Acho que é um grande trabalho, uma iniciativa louvável do Estado. Vai ajudar muito o desenvolvimento dos nossos programas”, afirmou Terra.
De acordo com a secretária do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social e primeira-dama do Rio Grande do Norte, Julianne de Faria, o software de vigilância socioassistencial vai facilitar a localização das famílias que podem ser inseridas no programa.
“A ferramenta toma como base os dados do Cadastro Único. O CadRN é didático e nele já colocamos uma área específica para o Criança Feliz, com indicadores, com dados de visitadores. O nosso papel aqui hoje é socializar e poder compartilhar nossa experiência com todo o Brasil”, explicou Julianne.
Criança Feliz – O Rio Grande do Norte formalizou a adesão do Criança Feliz em março. Ao todo, 127 municípios participarão do programa, que atenderá cerca de 18 mil famílias. Em todo o país, 2.529 municípios aderiram ao Criança Feliz.
O Criança Feliz priorizará as crianças de 0 a 3 anos beneficiárias do Bolsa Família e as de até 6 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). Coordenado pelo MDSA, o programa terá como ponto central a visitação domiciliar. As famílias serão acompanhadas por profissionais capacitados que farão visitas periódicas para estimular o desenvolvimento infantil integral.
Informações sobre os programas do MDSA:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDSA
(61) 2030-1505
MDSA e governo do Rio Grande do Norte compartilham dados de assistência social MDSA e governo do Rio Grande do Norte compartilham dados de assistência social Reviewed by Ricardo Adriano on maio 11, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste