Adbox
Tecnologia do Blogger.

MDSA e governo do Rio Grande do Norte compartilham dados de assistência social

Foto: Patrick Grosner/MDSA
O ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, assinou nesta quarta-feira (10) um termo de cooperação, sem custos, com o governo do Rio Grande do Norte para compartilhar os dados de monitoramento do Programa Criança Feliz com o software CadRN, desenvolvido pelo governo estadual. 
“Estamos assinando esse termo para estabelecer uma via de duas mãos. Acho que é um grande trabalho, uma iniciativa louvável do Estado. Vai ajudar muito o desenvolvimento dos nossos programas”, afirmou Terra.
De acordo com a secretária do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social e primeira-dama do Rio Grande do Norte, Julianne de Faria, o software de vigilância socioassistencial vai facilitar a localização das famílias que podem ser inseridas no programa.
“A ferramenta toma como base os dados do Cadastro Único. O CadRN é didático e nele já colocamos uma área específica para o Criança Feliz, com indicadores, com dados de visitadores. O nosso papel aqui hoje é socializar e poder compartilhar nossa experiência com todo o Brasil”, explicou Julianne.
Criança Feliz – O Rio Grande do Norte formalizou a adesão do Criança Feliz em março. Ao todo, 127 municípios participarão do programa, que atenderá cerca de 18 mil famílias. Em todo o país, 2.529 municípios aderiram ao Criança Feliz.
O Criança Feliz priorizará as crianças de 0 a 3 anos beneficiárias do Bolsa Família e as de até 6 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). Coordenado pelo MDSA, o programa terá como ponto central a visitação domiciliar. As famílias serão acompanhadas por profissionais capacitados que farão visitas periódicas para estimular o desenvolvimento infantil integral.
Informações sobre os programas do MDSA:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDSA
(61) 2030-1505
Share on Google Plus

Sobre Ricardo Adriano

Sou pedagogo de formação, amo música, livros, poesias, trabalho com jardinagem e tudo um pouco, já fiz "um pouco". Sou amante da vida, da informação, das notícias que são levadas a você leitor (a). Estamos aqui para interagir. Obrigado por acessar este espaço.

0 comentários: