• Notícias de Última Hora

    terça-feira, 2 de maio de 2017

    Morre idosa agredida por enfermeiro em UTI de hospital paulista

    Idosa de 78 anos que foi agredida por enfermeiro na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital do Servidor Público Municipal (HSPM), em São Paulo, faleceu no domingo. De acordo com a secretaria municipal de Saúde, o óbito “se deu por complicações pós-cirúrgicas, como insuficiência renal e cardíaca”. O funcionário suspeito de agressão segue afastado e o caso continua investigado pela direção do hospital.
    Thereza de Jesus Garcia foi submetida a uma cirurgia vascular em 13 de março. Na madrugada do dia 16, teria sido agredida por um enfermeiro enquanto se recuperava na UTI do hospital. Em vídeo divulgado pelos filhos nas redes sociais, a idosa aparece com hematomas no rosto e relata ter sido hostilizada após pedir por um “gole de água.”
    — Ele me xingou de todo nome e foi me bater. Bateu até cansar — conta.
    Segundo a direção do hospital, o funcionário suspeito foi identificado e afastado. Em nota, informou que “uma sindicância está em andamento para investigar os fatos” e que o caso também está sendo investigado pelo Conselho Regional de Enfermagem.
    O HSPM afirma que Thereza era “uma paciente idosa e com doenças preexistentes que agravavam o quadro clínico geral”. O hospital alega que sua morte se deu por complicações pós-cirurgicas “apesar de todos os esforços da equipe médica.”
    O sepultamento da idosa ocorreu no Cemitério Parque da Cantareira na última segunda-feira.

    Nenhum comentário :

    Twitter

    -->

    Culture