Na ONU, Brasil é cobrado sobre violações de direitos humanos

Ativistas da ONG Rio de Paz faz manifestação na Avenida Paulista para lembrar vítimas de chacinas em São Paulo (Andre Penner//AP)
O Brasil foi sabatinado nesta sexta-feira sobre direitos humanos na Organização das Nações Unidas (ONU), ouviu muitas críticas e saiu do encontro com mais de uma centena de recomendações em temas como direitos dos povos indígenas, execuções policiais, conflitos no campo, perseguição contra pobres e militantes de movimentos sociais, barbárie em presídios, violência contra a mulher e população LGBTI e discriminação contra migrantes.
O evento, chamado Revisão Periódica Universal, ocorre a cada quatro anos – a primeira vez foi em 2008 – e é realizado pelo Conselho de Direitos Humanos da ONU. No documento apresentado hoje, o governo brasileiro disse que cumpriu 60% do combinado há quase cinco anos. E citou os programas “Minha Casa Minha Vida” e o “Criança Feliz”, lançado no ano passado, bem como políticas voltadas para pessoas com deficiência e de combate à tortura.
Na ONU, Brasil é cobrado sobre violações de direitos humanos Na ONU, Brasil é cobrado sobre violações de direitos humanos Reviewed by Ricardo Adriano on maio 06, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste