• Notícias de Última Hora

    terça-feira, 20 de junho de 2017

    Brasil Funaro confirma três encontros com Temer em depoimento à PF - Doleiro diz ter arrecadado 100 milhões de reais para o PMDB

    O doleiro Lúcio Bolonha Funaro, que negocia um acordo de delação premiada com a Justiça, revelou à Polícia Federal que teve três encontros com o presidente Michel Temer. No depoimento prestado no último dia 14, Funaro afirmou que mantinha um relacionamento próximo com Temer e que era responsável pela arrecadação de recursos para campanhas do PMDB. O presidente Michel Temer negou ter tido encontros com Funaro.

    Funaro afirmou que esteve com Temer em três oportunidades. A primeira, segundo ele, foi na Base Aérea de São Paulo, junto com o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, sem especificar a data. O segundo encontro, afirmou ele, aconteceu em Uberaba, Mina Gerais, durante as eleições municipais de 2012. Desse segundo encontro, afirmou Funaro, participaram Eduardo Cunha e o delator da JBS, o executivo Ricardo Saud.

    O terceiro encontro com Temer, segundo Funaro, foi uma reunião de apoio à candidatura de Gabriel Chalitta para a Prefeitura de São Paulo. Ele diz que o encontro foi na Assembleia de Deus do bairro Bom Retiro, com a presença dos bispos Manoel Ferreira e Samuel Ferreira.

    Funaro diz que trabalhou na arrecadação de fundos das campanhas do PMDB em 2010, 2012 e 2014. O doleiro estima que nessas três campanhas arrecadou 100 milhões de reais para o PMDB e partidos coligados. Parte dos recursos foram arrecadados em operações do FI-FGTS. Segundo Funaro, a aplicação dos recursos seguia a orientação de Temer.

    Nenhum comentário :

    Twitter

    -->

    Culture