Estudantes podem deixar de receber aumento no auxilio transporte por negligência da Câmara

Prefeito reúne imprensa, vereadores e representante de estudantes para mostrar falta de ações do Legislativo
Alunos universitários e do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) de Caraúbas correm o risco de não receberem o aumento de 10%, no auxílio transporte concedido pela Prefeitura de Caraúbas devido a negligência da mesa diretora da Câmara de Vereadores, que não atendeu a solicitação feita pelo executivo, requerendo uma sessão extraordinária, onde seria votado o aumento.

Outros três projetos importantes do executivo também aguardam votação para começarem a funcionar: projeto de arrecadação do município, o  IPTU, com novas regras e ajustes para beneficiar e cortar juros; o programa da Assistência Social, "Criança Feliz", que até ser votado pela Câmara vai deixar de receber os recursos e gerar quatro empregos e a legalização dos cargos de agentes tributários.

O vereador Francisco Hamilton Bezerra, líder do Governo na Câmara, explica que a solicitação por parte do executivo, para uma sessão extraordinária foi feita oficialmente no dia 26 de junho, porém a mesa diretora da Câmara, por intermédio do presidente da casa Josean Amorim, não chegou a marcar nem o dia da reunião extra.

"Como não houve marcação de data, o mês de julho, que é recesso da Câmara, terminou e os projetos não foram votados, o que deve acontecer na próxima quinta-feira, durante o retorno dos trabalhos legislativos. Só que como ainda serão votados, não farão efeito  em julho e sim em agosto, prejudicando assim o andamento das melhorias para a população", disse o vereador.

Já o prefeito Juninho Alves, lamenta que por questões politiqueiras, ações importantes para o município, sejam imperradas.

"É muito lamentável que projetos importantes para a população sejam atravancados pela mesa diretora da Câmara por questões politiqueiras. Com isso quem se prejudica é a população. Nós estamos trazendo benefícios, no entanto o andamento desses quatro projetos, que dependem da aprovação da Câmara, deixarão de beneficiar a população", desabafou o prefeito Juninho Alves.

Indignação

O presidente da Associação Cultural dos Estudantes de Caraúbas, Joaby Figueiredo emitiu uma nota, em nome de todos os estudantes, leia na íntegra:
Só quem é estudante sabe dos perrengues que passamos. Estávamos extremamente felizes com a notícia que o prefeito Juninho Alves vai aumentar nossa bolsa. E agora mais uma vez vemos a oposição fazendo uma sujeira e querendo nos prejudicar. Agora fomos comunicados de que a nossa bolsa não entra com aumento esse mês porque o presidente da câmara sempre inventa uma desculpa e adia a sessão sobre o favorecimento. 

Senhor Josean Amorim, nem sei você tem alguma formação de terceiro grau, mas eu quero ter a minha. Mais uma vez vemos quem realmente quer o bem do povo.

Primeiro a questão da mentira inventada sobre o hospital e agora, a sessão que deve aprovar o aumento do auxílio estudante é adiada. Temos quatro projetos para serem aprovados na Câmara e nunca dá certo acontecer a sessão extraordinária.

Sempre inventam desculpas, acham viagens para fazer. Principalmente por parte do vereador Josean Amorim. A sessão extraordinária que aprovaria o aumento.

O prefeito Juninho Alves juntamente com toda sua equipe está disposto a ajudar, colaborar para que nós estudantes tenhamos um desconto maior, porém a sessão na Câmara não acontece por parte do presidente Josean. O aumento seria agora para o mês de Agosto, mas infelizmente ficaremos a mercê da vontade de trabalhar por parte desse vereador.
Estudantes podem deixar de receber aumento no auxilio transporte por negligência da Câmara Estudantes podem deixar de receber aumento no auxilio transporte por negligência da Câmara Reviewed by Ricardo Adriano on julho 29, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste