Jovem é presa na Arábia Saudita por usar minissaia

Uma mulher foi presa na Arábia Saudita após a publicação de um vídeo nas redes sociais em que caminha por um sítio histórico local trajando minissaia e top. A imprensa saudita informou nesta terça-feira que a jovem foi detida por usar “roupas imodestas” que contrariam o conservador código de vestimenta islâmico do país.

A polícia encaminhou o caso para o Ministério Público, de acordo com a conta oficial do Twitter do canal de televisão estatal al-Ekhbariya. A mulher, cujo nome não foi divulgado, será interrogada por um representante da justiça, que decidirá se ela permanecerá detida e se será aberto um processo.

Na Arábia Saudita, país ultraconservador, as mulheres devem se vestir em público com uma abaia preta, o traje tradicional que as cobre dos pés à cabeça. Em várias sequências do vídeo, que foi postado no final de semana na conta de Snapchat de uma modelo chamada “Khulood”, pode-se ver uma mulher de cabelos longos, sem véu, usando minissaia, top e óculos escuros. Ela caminha pelo forte histórico de Ushaiqer, a cerca de 200 km ao noroeste da capital Riad, na província de Najd, uma das regiões mais conservadoras da Arábia Saudita.

A Comissão para a Promoção da Virtude e Prevenção do Vício pretende adotar as medidas necessárias contra esta “transgressão da ordem moral” e uso de “traje indecente”, segundo um porta-voz da polícia religiosa em um tuíte.

Jovem é presa na Arábia Saudita por usar minissaia Jovem é presa na Arábia Saudita por usar minissaia Reviewed by Ricardo Adriano on julho 18, 2017 Rating: 5

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste