Liturgia da Palavra de hoje (19)

Primeira Leitura (Êx 3,1-6.9-12)
Leitura do Livro do Êxodo.
Naqueles dias, 1Moisés apascentava o rebanho de Jetro, seu sogro, sacerdote de Madiã. Levou um dia, o rebanho deserto adentro e chegou ao monte de Deus, o Horeb. 2Apareceu-lhe o anjo do Senhor numa chama de fogo, do meio de uma sarça. Moisés notou que a sarça estava em chamas, mas não se consumia, e disse consigo: 3“Vou aproximar-me desta visão extraordinária, para ver por que a sarça não se consome”. 4O Senhor viu que Moisés se aproximava para observar e chamou-o do meio da sarça dizendo: “Moisés! Moisés!” Ele respondeu: “Aqui estou”. 5E Deus disse: “Não te aproximes! Tira as sandálias dos pés, porque o lugar onde estás é uma terra santa”. 6E acrescentou: “Eu sou o Deus de teus pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaac e o Deus de Jacó”. Moisés cobriu o rosto, pois temia olhar para Deus. 9E agora, o clamor dos filhos de Israel chegou até mim, e vi a opressão que os egípcios fazem pesar sobre eles. 10Mas vai, eu te envio ao Faraó, para que faças sair do Egito o meu povo, os filhos de Israel”. 11E Moisés disse a Deus: “Quem sou eu para ir ao Faraó e fazer sair os filhos de Israel do Egito?” 12Deus lhe disse: “Eu estarei contigo; e este será o sinal de que fui eu que te enviei: quando tiveres tirado do Egito o povo, vós servireis a Deus sobre esta montanha”.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.

Responsório (Sl 102,1-7)
— O Senhor é indulgente, é favorável.
— O Senhor é indulgente, é favorável.
— Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e todo o meu ser, seu santo nome! Bendize, ó minha alma, ao Senhor, não te esqueças de nenhum de seus favores!
— Pois ele te perdoa toda culpa, e cura toda a tua enfermidade; da sepultura ele salva a tua vida e te cerca de carinho e compaixão.
— O Senhor realiza obras de justiça e garante o direito aos oprimidos; revelou os seus caminhos a Moisés, e aos filhos de Israel, seus grandes feitos.

Evangelho (Mt 11,25-27)
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.
25Naquele tempo, Jesus pôs-se a dizer: “Eu te louvo, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas aos sábios e entendidos e as revelaste aos pequeninos. 26Sim, Pai, porque assim foi do teu agrado. 27Tudo me foi entregue por meu Pai, e ninguém conhece o Filho, senão o Pai, e ninguém conhece o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar”

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Homilia
Do coração de Nosso Senhor Jesus Cristo brota uma oração de intimidade com o Pai. Aquele que tem intimidade, relação e comunhão com Deus louva-O, a cada dia, agradece a esse Pai e O exalta. Quando nós engrandecemos, louvamos e bendizemos o nome do Senhor Nosso Deus os inimigos da nossa alma, da nossa salvação caem por terra.
Aqui está uma arma poderosa: a força do louvor. “Eu Te louvo, meu Pai; eu Te bendigo, agradeço e exalto”. Não existe forma mais esplêndida e eficaz de exaltarmos Deus em nossa vida do que louvarmos a força, o poder e a graça do Senhor. E nós louvamos a Deus em todas as ocasiões: na alegria, na tristeza, nas dificuldades, nas situações não compreendidas. O louvor não é para nosso engrandecimento; pelo contrário, ele nos coloca embaixo, mas engrandece o nome do Senhor em nossa vida.
O louvor é a oração de reconhecimento, de agradecimento e engrandecimento ao Senhor da nossa vida. E nós temos muitos motivos para louvarmos o Senhor!
Jesus está louvando ao Pai pela Sua grandeza de escolher os pequeninos e os humildes de coração para revelar as grandezas do Seu Reino. Eu fico encantado quando olho para as pessoas humildes e simples, porque não existe nada pior do que a soberba e o orgulho. Como nos faz mal ficarmos do lado de pessoas soberbas e orgulhosas. Quando nós deixamos que a soberba cresça em nós, ela cria tantas paredes, barreiras, tanto mal-estar, mas quando estamos ao lado dos pequenos, dos pobres, dos humildes de coração, a humildade nos converte, faz tão bem para a alma. E para aquele que se exalta, que se acha mais importante que os outros, que mal faz para si mesmo e para os outros.
Se estamos no caminho da humildade, Jesus está levantando as mãos ao Pai por nós. Se não estamos, entremos agora. O caminho favorável e eficaz para estarmos na estrada da humildade é levantarmos os braços, a cada dia, para louvarmos, exaltarmos e engrandecermos o Deus e Senhor da nossa vida.
Deus abençoe você!
Liturgia da Palavra de hoje (19) Liturgia da Palavra de hoje (19) Reviewed by Ricardo Adriano on julho 19, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste