Adbox
Tecnologia do Blogger.

Liturgia da Palavra de hoje (8)

Primeira Leitura (Gn 27,1-5.15-29)
Leitura do Livro do Gênesis.
1Quando Isaac ficou velho, seus olhos enfraqueceram e já não podia ver. Chamou, então, o filho mais velho Esaú, e lhe disse: “Meu Filho!” Este respondeu: “Aqui estou!” 2Disse-lhe o pai: “Como vês, já estou velho e não sei qual será o dia da minha morte. 3Toma as tuas armas, as flechas e o arco, e sai para o campo. Se apanhares alguma caça, prepara-me um assado saboroso, 4como sabes que eu gosto, e traze-o para que o coma, e assim te dar a bênção antes de morrer”.
5Rebeca escutava o que Isaac dizia a seu filho Esaú. Esaú saiu para o campo à procura de caça para o pai. 15Rebeca tomou, então, as melhores roupas que o filho mais velho tinha em casa, e vestiu com elas o filho mais novo, Jacó. 16Cobriu-lhe as mãos e a parte lisa do pescoço com peles de cabrito. 17Pôs nas mãos do filho Jacó o assado e o pão que havia preparado. 18Este levou-os ao pai, dizendo: “Meu pai!”
“Estou ouvindo”, respondeu Isaac. “Quem és tu, meu filho?” 19E disse Jacó a seu pai: “Eu sou Esaú, teu filho primogênito; fiz como me ordenaste. Levanta-te, senta-te e come da minha caça, para me abençoares”.
20Isaac replicou-lhe: “Como conseguiste achar assim depressa, meu filho?” Ele respondeu: “É o Senhor teu Deus que fez com que isso acontecesse”. 21Isaac disse a Jacó: “Vem cá, meu filho, para que eu te apalpe e veja se és ou não meu filho Esaú”.
22Jacó achegou-se a seu pai Isaac, que o apalpou e disse: “A voz é a voz de Jacó, mas as mãos são as mãos de Esaú”. 23E não o reconheceu, pois suas mãos estavam peludas como as do seu filho Esaú. Então, decidiu abençoá-lo. 24Perguntou-lhe ainda: “Tu és, de fato, meu filho Esaú?” Ele respondeu: “Sou”. 25Isaac continuou:
“Meu filho, serve-me da tua caça para eu comer e te abençoar”. Jacó serviu-o e ele comeu; trouxe-lhe depois vinho e ele bebeu. 26Disse-lhe então seu pai Isaac: “Aproxima-te, meu filho, e beija-me”. 27Jacó aproximou-se e o beijou. Quando Isaac sentiu o cheiro das suas roupas, abençoou-o, dizendo: “Este é o cheiro do meu filho: é como o aroma de um campo fértil que o Senhor abençoou! 28Que Deus te conceda o orvalho do céu, e a fertilidade da terra, a abundância de trigo e de vinho. 29Que os povos te sirvam e se prostrem as nações em tua presença. Sê o senhor de teus irmãos, e diante de ti se inclinem os filhos de tua mãe. Maldito seja quem te amaldiçoar, e quem te abençoar, seja bendito!”

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.

Responsório (Sl 134)
— Louvai o Senhor, porque é bom!
— Louvai o Senhor, porque é bom!
— Louvai o Senhor, bendizei-o; louvai o Senhor, servos seus, que celebrais o louvor em seu templo e habitais junto aos átrios de Deus!
— Louvai o Senhor, porque é bom; cantai ao seu nome suave! Escolheu para si a Jacó, preferiu Israel por herança.
— Eu bem sei que o Senhor é tão grande, que é maior do que todos os deuses. Ele faz tudo quanto lhe agrada, nas alturas dos céus e na terra, no oceano e nos fundos abismos.

Evangelho (Mt 9,14-17)
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, 14os discípulos de João aproximaram-se de Jesus e perguntaram: “Por que razão nós e os fariseus praticamos jejuns, mas os teus discípulos não?” 15Disse-lhes Jesus: “Por acaso, os amigos do noivo podem estar de luto enquanto o noivo está com eles? Dias virão em que o noivo será tirado do meio deles. Então, sim, eles jejuarão.
16Ninguém põe remendo de pano novo em roupa velha, porque o remendo repuxa a roupa e o rasgão fica maior ainda. 17Também não se põe vinho novo em odres velhos, senão os odres se arrebentam, o vinho se derrama e os odres se perdem. Mas vinho novo se põe em odres novos, e assim os dois se conservam”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Homilia
Para abraçar Jesus ou aquilo que Ele traz de novo é preciso ter um novo coração! Um vinho novo deve ser colocado num vasilhame novo, porque o vinho pode ser o melhor, mas se você o colocar num vasilhame velho, ele vai perder o sabor, vai perder a graça.
Do mesmo jeito, você pode ter o melhor remendo para colocar num rasgão de uma roupa, mas se a roupa é nova, o remendo também tem de ser novo. Se a roupa é nova e você coloca um remendo velho, sujo, estragado, perdeu-se aquela roupa.
Permita-me dizer a você: a graça de Deus é sempre nova, não envelhece; ela se renova a cada dia, porque o Espírito é novo e está sempre nos renovando. Não adianta ficarmos com a velha mentalidade, com os velhos conceitos e ressentimentos, as velhas mágoas, reclamações e murmurações; com os velhos e ultrapassados conceitos que não nos levam a nada, as velhas discussões que nós costumamos travar o tempo inteiro, e não progredimos.
Não adianta querermos renovar as coisas com essas discussões antiquadas e ultrapassadas, com essas acusações que ficamos jogando na cara do outro o tempo inteiro. Um casal que está há 30, 40 anos casados vive batendo na mesma tecla, não consegue sair do lugar, acusa-se dia e noite da mesma coisa.
Largue o que é velho, pare de se apegar ao que não serve para nada, pare de apegar-se àquilo que só nos estraga, pare de viver guardando e juntando traças velhas. E as traças não estão somente nas coisas velhas, nas ninharias que juntamos e guardamos em casa; elas estão também dentro de nós, do nosso coração, dos nossos conceitos, da nossa forma de enxergar as coisas.
Para acolher a novidade de Deus é preciso ter um coração novo, uma disposição nova para ver as coisas. O problema não é ser velho na idade, porque, graças a Deus, nossos idosos têm uma mente nova, uma disposição nova de ver as coisas. O que mais estraga é ver tantos jovens, tantos de nós tão envelhecidos na forma de enxergar as coisas, não se abrem para o novo nem o acolhem, por isso o novo de Deus não acontece em nossa vida.
Para vinhos novos, odres novos. Para a graça nova, um novo coração, uma nova mentalidade, para que Deus seja sempre novo em nossa vida.
Deus abençoe você!
Share on Google Plus

Sobre Ricardo Adriano

Sou pedagogo de formação, amo música, livros, poesias, trabalho com jardinagem e tudo um pouco, já fiz "um pouco". Sou amante da vida, da informação, das notícias que são levadas a você leitor (a). Estamos aqui para interagir. Obrigado por acessar este espaço.

0 comentários: