Adbox
Tecnologia do Blogger.

“Meu governo não fechará hospitais”, afirma Robinson Faria

O governador Robinson Faria emitiu nota na manhã desta quarta-feira, 12, afirmando que não permitirá o fechamento de hospitais regionais no seu governo. No texto, ele esclarece quais são as determinações da assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre Governo do Estado e Ministério Público. “O TAC não determina o fechamento, mas um estudo de redefinição do perfil das unidades. Não vamos fechar”, disse.
“Estamos destinando mais de R$ 40 milhões para a reforma e reequipamento de sete hospitais regionais. Instalamos tomógrafo em Mossoró e Caicó e vamos instalar em Pau dos Ferros. Vamos investir R$ 100 milhões na construção do Hospital da Mulher em Mossoró, já em licitação. E estamos recuperando e reequipando 21 maternidades em diversos municípios. Isso tudo com recursos que conseguimos junto ao Banco Mundial”, afirma o governador.
O chefe do Executivo estadual informa ainda que acabou de conseguir R$ 150 milhões junto ao Ministério da Saúde, o que vai permitir reabastecer e regularizar o funcionamento de toda a rede de saúde do Estado e implantar novos serviços como os mutirões de ortopedia e de cirurgias eletivas – e as policlínicas para agilizar exames.
O governo afirma também que o documento assinado com o Ministério Público tem por objetivo avaliar o sistema de atendimento e promover ajustes no perfil das unidades hospitalares do estado dando a elas funções que melhor couberem na sistemática do SUS. “Não haverá fechamento de hospitais”, assegura.
Nesta quarta-feira, 12 de julho, às 16h, o Secretário de Estado da Saúde Pública, George Antunes, concederá entrevista coletiva sobre o TAC assinado pelo Governo do Estado com o Ministério Público do Trabalho e o Ministério Público Estadual. A coletiva acontecerá no gabinete do secretário, no 12º andar do prédio da Sesap, em Natal.
Share on Google Plus

Sobre Ricardo Adriano

Sou pedagogo de formação, amo música, livros, poesias, trabalho com jardinagem e tudo um pouco, já fiz "um pouco". Sou amante da vida, da informação, das notícias que são levadas a você leitor (a). Estamos aqui para interagir. Obrigado por acessar este espaço.

0 comentários: