Cristian Cravinhos, cúmplice de Suzane Richthofen, deixa a prisão

Solto por decisão jucicial
Condenado pela morte dos pais de Suzane Richthofen, Cristian Cravinhos, de 41 anos, deixou a prisão na tarde desta quarta-feira, 23. Ele estava detido na Penitenciária 2 de Tremembé (SP), mas foi beneficiado por uma decisão da Vara de Execuções Criminais de Taubaté (SP), que o autorizou a cumprir o restante da pena em regime aberto.
Cravinhos deixou a penitenciária em um carro preto sem falar com ninguém. Advogados não quiseram informar para onde ele foi levado. Cristian é irmão de Daniel, que era namorado de Suzane e que também foi preso pelo assassinato dos pais dela.
Segundo a denúncia, os três teriam planejado e assassinado Manfred e Marísia, em São Paulo, em 2002 para ficar com o dinheiro do casal. Naquele mesmo ano eles foram presos e o julgamento aconteceu em 2006, quando Cristian pegou 38 anos de prisão. O irmão e Suzane foram condenados a 39 anos.
Agora, 15 anos depois, ele ganhou a liberdade, enquanto que Daniel e Suzane já protocolaram pedidos para também saírem do regime semiaberto e irem para casa. Por enquanto, porém, somente Cristian obteve o alvará de progressão para o regime aberto.
MSN Notícias
Cristian Cravinhos, cúmplice de Suzane Richthofen, deixa a prisão Cristian Cravinhos, cúmplice de Suzane Richthofen, deixa a prisão Reviewed by Ricardo Adriano on agosto 23, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste