• Notícias de Última Hora

    sexta-feira, 18 de agosto de 2017

    Espanha faz minuto de silêncio após ataques que mataram 18 e feriram mais de 100

    Policiais trabalham na madrugada desta sexta no local do segundo ataque, em Cambrils
    Ao meio-dia desta sexta-feira (18), 7h no Brasil, será respeitado um minuto de silêncio em toda a Espanha pelas vítimas dos dois ataques extremistas registrados no país entre a tarde de quinta-feira e a madrugada desta sexta. Em Barcelona, a Praça da Catalunha servirá como ponto de encontro para a homenagem, com a presença do rei da Espanha, Filipe VI, e do presidente do governo, Mariano Rajoy.

    Após os dois ataques, que no total fizeram 18 mortos, cinco deles supostos terroristas, e mais de 100 feridos (estima-se 126), Barcelona amanheceu com muitas ruas desertas e policiadas, informação de explosivos falsos (em Cambrils, conforme você pode ler mais abaixo) e com mais um suspeito atrás das grades.

    Segundo informou a uma emissora local de rádio o ministro do Interior do governo catalão, Joaquim Forn, um homem foi detido nesta sexta no município de Ripoll, a pouco mais de 100 quilômetros de Barcelona, por supostamente estar ligado aos atentados. Outros dois haviam sido presos durante o dia de ontem: um cidadão marroquino e outro de Melilla, enclave espanhol situado na África. Nenhum deles seria, no entanto, o motorista da van utilizada no primeiro e maior ataque, que ainda é procurado.

    Nenhum comentário :

    Twitter

    -->

    Culture