• Notícias de Última Hora

    quinta-feira, 7 de setembro de 2017

    Dono diz que imóvel onde a PF achou R$ 51 mi foi cedido a Geddel

    PF encontra malas de dinheiro em endereço em Salvador que segundo investigações seria usado como "bunker" para valores por Geddel Vieira Lima (Polícia Federal/Divulgação)
    O empresário Silvio Silveira confirmou à Polícia Federal que emprestou ao ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) o apartamento em que foram encontrados 51 milhões de reais armazenados em malas e caixas. Em depoimento, ele declarou que não sabia que o peemedebista vinha usando o imóvel como um “bunker” para guardar dinheiro. A fortuna foi a maior quantia em espécie já apreendida na história da PF.
    Silveira se apresentou à PF e contou que Geddel pediu o apartamento para estocar pertences do pai, morto em janeiro de 2016. Os agentes demoraram aproximadamente quatorze horas para conferir a quantia encontrada. O balanço final indicou que havia 42,6 milhões de reais e 2,68 milhões de dólares escondidos no apartamento. Geddel ainda não se manifestou sobre a origem do dinheiro atribuído a ele.
    Segundo o delegado Daniel Justo Madruga, superintendente regional da PF na Bahia, os agentes ficaram “surpresos” com a descoberta de tanto dinheiro. De acordo com ele, os agentes esperavam encontrar documentos referentes ao ex-ministro no apartamento, localizado no segundo andar de um prédio na Rua Barão de Loreto, em Salvador, a um quilômetro da casa de Geddel. Madruga disse que há uma investigação em curso em Brasília para apurar se a origem do dinheiro é ou não lícita.

    Nenhum comentário :

    Twitter

    -->

    Culture