• Notícias de Última Hora

    terça-feira, 12 de setembro de 2017

    Executivo diz ter mais gravações que revelam 'crimes de terceiros'

    Joesley disse que pode entregar todas as gravações - © Reuters / Ueslei Marcelino
    O empresário e delator Joesley Batista, da JBS, disse em depoimento ao Ministério Público Federal que possui mais gravações feitas com diferentes pessoas, alguns com relatos de crimes de terceiros.
    Os áudios estariam fora do Brasil, mas ele não foi questionado pelos procuradores sobre onde está esse material e como ele teria sido enviado para o exterior. Joesley disse que pode entregar todas as gravações.
    A declaração está em depoimento realizado na última quinta (7). O termo de declarações foi tornado público nesta segunda-feira (11).
    De modo enigmático, Joesley disse possuir "áudio com relatos de crimes de terceiros interlocutores", sem a participação dele mesmo.
    Os procuradores não indagaram como Joesley teria tido acesso a essas conversas e se teria feito gravações.

    Nenhum comentário :

    Twitter

    -->

    Culture