• Notícias de Última Hora

    segunda-feira, 11 de setembro de 2017

    Liturgia da Palavra de hoje (11)

    Primeira Leitura (Cl 1,24-2,3)
    Leitura da Carta de São Paulo aos Colossenses.
    Irmãos, 1,24alegro-me de tudo o que já sofri por vós e procuro completar na minha própria carne o que falta das tribulações de Cristo, em solidariedade com o seu corpo, isto é, a Igreja. 25A ela eu sirvo, exercendo o cargo que Deus me confiou em sua plenitude: 26o mistério escondido por séculos e gerações, mas agora revelado aos seus santos. 27A estes Deus quis manifestar como é rico e glorioso entre as nações este mistério: a presença de Cristo em vós, a esperança da glória. 28Nós o anunciamos, admoestando a todos e ensinando a todos, com toda sabedoria, para a todos tornar perfeitos em sua união com Cristo. 29Para isso eu me esforço com todo o empenho, sustentado pela sua força que em mim opera. 2,1Quero pois que saibais que luta difícil sustento por vós, pelos fiéis de Laodiceia e por tantos outros, que não me conhecem pessoalmente, 2para que sejam consolados e se mantenham unidos na caridade, para que eles cheguem a entender profunda e plenamente o mistério de Deus Pai e de Cristo Jesus, 3no qual estão encerrados todos os tesouros da sabedoria e da ciência.
    - Palavra do Senhor.
    - Graças a Deus.

    Responsório (Sl 61,6-7.9)
    — A minha glória e salvação estão em Deus.
    — A minha glória e salvação estão em Deus.
    — Só em Deus a minha alma tem repouso, porque dele é que me vem a salvação! Só ele é meu rochedo e salvação, a fortaleza, onde encontro segurança!
    — Povo todo, esperai sempre no Senhor, e abri diante dele o coração: nosso Deus é um refúgio para nós.

    Evangelho (Lc 6,6-11)
    — O Senhor esteja convosco.
    — Ele está no meio de nós.
    — Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
    — Glória a vós, Senhor.
    Aconteceu num dia de sábado que, 6Jesus entrou na sinagoga, e começou a ensinar. Aí havia um homem cuja mão direita era seca. 7Os mestres da Lei e os fariseus o observavam, para ver se Jesus iria curá-lo em dia de sábado, e assim encontrarem motivo para acusá-lo. 8Jesus, porém, conhecendo seus pensamentos, disse ao homem da mão seca: “Levanta-te, e fica aqui no meio”. Ele se levantou, e ficou de pé. 9Disse-lhes Jesus: “Eu vos pergunto: O que é permitido fazer no sábado: o bem ou o mal, salvar uma vida ou deixar que se perca?” 10Então Jesus olhou para todos os que estavam ao seu redor, e disse ao homem: “Estende a tua mão”. O homem assim o fez e sua mão ficou curada. 11Eles ficaram com muita raiva, e começaram a discutir entre si sobre o que poderiam fazer contra Jesus.
    — Palavra da Salvação.
    — Glória a vós, Senhor.

    Homilia
    As atitudes humanas muitas vezes são verdadeiros contrastes à atitude divina, à atitude de Deus no meio de nós. Deus é Aquele que salva, que liberta e traz para o meio quem está afastado, quem está longe e descriminado, marginalizado e sofrendo, quem está de fato passando por tantas situações complicadas e amarradas que deixam a pessoa longe da vida. Deus é Aquele que nos traz à vida e a nossa vida para que seja vivida em abundância e plenitude.
    Esse homem de mão seca era um homem que ficava de lado, rejeitado, não era aceito, não era amado nem querido. Jesus o traz para o meio, para o centro do cuidado, da atenção, do amor e da ternura. Muitos que viram a atitude, o cuidado, o amor e a ternura de Jesus para com aquele homem, ficaram com raiva d’Ele, e planejaram o que poderiam fazer contra Jesus.
    Sabe, muitas pessoas têm inveja e raiva de quem faz o bem. É uma atitude muito egoísta querermos o bem somente para nós, querermos que o bem chegue somente a nós. É uma atitude muito egoísta não cuidarmos de quem está sofrendo, de quem está afastado e marginalizado, de quem precisa do amor e da ternura.
    Coloquemos uma coisa em nosso coração: não somos a pessoa mais sofrida do mundo, não somos a pessoa que mais necessita de atenção no mundo. Tem sempre alguém que está sofrendo e passando por situações muito mais complicadas e difíceis nessa vida.
    Não podemos querer que o mundo gire em torno de nós. O nosso mundo se torna melhor, menos sofrido quando sabemos colocar o outro no centro da nossa vida, quando não fazemos de nós o centro do mundo e o centro da vida. Mas sabemos colocar para dentro, colocar para o meio outros que estão sofrendo, sendo marginalizados e deixados de lado.
    Jesus não quer que deixemos ninguém de lado. Ele quer que cuidemos do outro e façamos da nossa vida uma oblação para cuidarmos dos sofrimentos do nosso próximo. Quando cuidamos do outro, Deus está cuidando de todos nós.
    Não sejamos movidos pelo egoísmo, mas pelo amor que faz nova todas as coisas.
    Deus abençoe você!

    Nenhum comentário :

    Twitter

    -->

    Culture