Professora é morta estrangulada em aula de catequese no RS

Uma professora foi agredida e morta por estrangulamento após ser retirada à força da aula de catequese que ministrava em uma capela no município de Estância Velha, no Rio Grande do Sul, na noite desta quinta-feira, 31. Elaine Maria Tretto, de 51 anos, era pedagoga aposentada, ex-diretora de uma escola pública de Ensino Infantil da cidade, que fica a cerca de 50 quilômetros de Porto Alegre. Ela dava aulas de Ensino Religioso para adultos da comunidade no bairro Nova Estância.

Conforme a Brigada Militar (BM), dois homens que usavam capacetes invadiram a sala por volta das 19h30 e levaram Elaine até um banheiro, onde a espancaram e assassinaram. Um terceiro criminoso, que também cobria o rosto, manteve três alunas sob a mira de uma arma na sala de aula. Os homens fugiram do local deixando o corpo da professora e não foram localizados até o momento.

A Capela Nossa Senhora Auxiliadora foi isolada e a perícia trabalha no local durante a madrugada desta sexta-feira, 1º. Em estado de choque, as alunas foram levadas até a delegacia de Estância Velha, onde devem ser ouvidas nas próximas horas. A polícia não divulgou suspeitas sobre a motivação do crime até o momento.

Fonte: Ceará Mirim Livre via Blog do João Moacir
Professora é morta estrangulada em aula de catequese no RS Professora é morta estrangulada em aula de catequese no RS Reviewed by Ricardo Adriano on setembro 02, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste