16 crianças vítimas de ataque a creche têm alta médica

Dezesseis crianças, vítimas do ataque à creche Gente Inocente, em Janaúba, tiveram alta médica na manhã deste sábado, 7. Com idades entre 1 e 5 anos, elas estavam internadas no hospital Fundajan por intoxicação por inalação de fumaça. Treze vítimas do incêndio permanecem internadas em estado gravíssimo.

Na manhã deste sábado, a menina Thallyta Vitória de Oliveira Barros, de 4 anos, morreu no hospital João XXIII, em Belo Horizonte. A tragédia em Janaúba teve dez mortes, oito crianças, uma professora e o vigia, que ateou fogo no corpo, nos alunos e provocou o incêndio.
O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) abriu três inquéritos e um procedimento para investigar o incêndio. Uma das apurações tem o objetivo de verificar se o vigia, Damião Soares dos Santos, tinha problemas psicológicos.
Por volta das 9 horas de quinta-feira, 5, o vigilante Damião Soares dos Santos, de 50 anos, entrou na unidadeatirou material inflamável contra as crianças e no próprio corpo, e ateou fogo, que se alastrou rapidamente. Em meio ao tumulto, as pessoas tentavam apagar o incêndio com baldes de água e resgatar as vítimas das chamas e da fumaça.

Veja quem foram as vítimas

Crianças
  • Juan Pablo Santos, 4 anos
  • Luiz Davi Rodrigues, 4 anos
  • Ruan Miguel Silva, 4 anos
  • Ana Clara Ferreira Silva, 4 anos
  • Renan Nicolas Silva, 4 anos
  • Cecília Davina Dias, 4 anos
  • Yasmin Medeiros Sabino, 4 anos
  • Talita Vitória Bispo, 4 anos

Adultos
16 crianças vítimas de ataque a creche têm alta médica 16 crianças vítimas de ataque a creche têm alta médica Reviewed by Ricardo Adriano on outubro 07, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste