• Notícias de Última Hora

    domingo, 1 de outubro de 2017

    Batistas oferecem caução em troca de prisão revogada

    A defesa dos irmãos Joesley e Wesley Batista lançou mão de nova estratégia para tentar revogar a ordem de prisão que pesa contra ambos. Ofereceu ao juiz da causa que apura a acusação de insider trading a caução dos valores citados pelo MPF como lucro indevido, obtido com o uso de informação privilegiada. O depósito seria feito em troca da suspensão da detenção. A investigação aponta que o grupo ganhou US$ 100 milhões no mercado após o estouro da delação da J&F.
    Os Batistas continuam alegando que não cometeram crime, mas apontam a apresentação dos valores como uma garantia de que cumprirão qualquer decisão judicial de reparação e de que continuarão a contribuir com as apurações. O juiz enviou o pedido ao Ministério Público Federal.
    A sofisticação da mesa de operações de mercado da J&F chamou a atenção dos investigadores que apuram se Joesley e Wesley cometeram o crime. Eles dispunham de estrutura comparável à de empresas especializadas do ramo.

    Nenhum comentário :

    Twitter

    -->

    Culture