• Notícias de Última Hora

    quinta-feira, 19 de outubro de 2017

    MPF pede reparação de R$ 1 bilhão e mais R$ 6,34 milhões por esquema na Olimpíada

    A denúncia do Ministério Público Federal do Rio (MPF) contra o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, nesta quarta-feira, 18, pediu a reparação por danos morais no valor de R$ 1 bilhão e materiais no valor de R$ 6,34 milhões. O MPF denunciou Nuzman pelos crimes de corrupção passiva, organização criminosa, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. O seu braço-direito e diretor de marketing do COB, Leonardo Gryner, foi denunciado por corrupção passiva e organização criminosa.

    Já o ex-governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), foi denunciado por corrupção passiva e o empresário Arthur Soares, conhecido como Rei Arthur, por corrupção ativa. Os membros africanos do COI (Comitê Olímpico Internacional), Papa Massata Diack e Lamine Diack foram denunciados por corrupção passiva.

    Nenhum comentário :

    Twitter

    -->

    Culture