• Notícias de Última Hora

    terça-feira, 3 de outubro de 2017

    O que é VPN e os perigos que ela pode trazer escondidos

    Sigla em inglês para rede virtual privada, VPN é uma ótima alternativa para manter todo o tráfego de dados inacessível a terceiros durante a navegação. Em linhas gerais, trata-se de uma conexão entre computadores e outros dispositivos, à qual apenas os usuários credenciados têm acesso.
    Na prática, isso significa que, mesmo que um criminoso digital consiga interceptar sua conexão, todas as suas informações ficam ocultas para ele. Por isso, recomenda-se usar uma VPN na hora de se conectar a um Wi-Fi público, por exemplo.
    De modo geral, uma conexão em rede virtual privada oculta todos os dados de navegação, como IP, sites visitados e localização. Dependendo da VPN, a qualidade da proteção por criptografia varia entre 128 bits e 2.048 bits. Vale destacar, também, que esse tipo de conexão funciona bem tanto em navegadores quanto em aplicativos.
    E tem mais: ao usar uma VPN do exterior, ela modifica seu endereço IP e faz com que os sites pensem que você está navegando em outro país. Muita gente usa esta estratégia para acessar conteúdos restritos no Brasil, como séries e filmes da Netflix e vídeos no YouTube.
    Risco à privacidade
    Apesar de garantir certa privacidade, você precisa ter alguns cuidados antes de usar uma rede virtual privada. Isso porque nem toda VPN é sinônimo de segurança, especialmente as gratuitas.
    Acontece que o dono da rede privada tem acesso a tudo o que acontece na sua navegação, ou seja, ele consegue visualizar os sites que você visita e seus e-mails, por exemplo. Assim, é possível que ela venda seus dados a terceiros para rentabilizar de alguma forma.
    A preocupação não para por aí. O dono da VPN ainda tem total controle sobre seu DNS (nomes dos domínios dos sites). Se ele for uma pessoa mal-intencionada, pode criar uma página falsa com o mesmo endereço do site do seu banco, por exemplo. Aí, você pensa que está passando suas informações ao site oficial, mas, na verdade, ele está roubando suas senhas e dados bancários.
    Portanto, é recomendável usar VPNs pagas e 100% confiáveis. Como todo bom serviço, uma VPN confiável costuma cobrar uma mensalidade, normalmente em dólares, mas é preferível pagar a se arriscar em uma rede gratuita.

    Nenhum comentário :

    Twitter

    -->

    Culture