• Notícias de Última Hora

    quinta-feira, 9 de novembro de 2017

    Câmeras do projeto “Caraúbas Vigilante” já estão sendo cadastradas

    O Centro Integrado de Operações da Segurança Pública (Ciosp), juntamente com a Prefeitura Municipal de Caraúbas e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL/Caraúbas), já estão realizando o cadastramento de câmeras comerciais e residenciais, que irão integrar o projeto “Caraúbas Vigilante”, voltado para o monitoramento eletrônico da cidade. O projeto visa utilizar as câmeras dos comércios e residências, para fiscalizar as ruas e bairros da cidade, em conjunto com o Ciosp e as polícias Militar e Civil.

    De acordo com a CDL, o cadastramento está sendo realizado por técnicos especializados no assunto e os interessados podem procurar a sede do órgão, localizada à rua Osório Fernandes Pimenta, 79, centro de Caraúbas. “Já estamos com vários cadastros realizados e durante toda essa semana vamos continuar cadastrando os comércios e residência que estão somando conosco nesse projeto”, explicou Antônio Gurgel de Brito.

    A prefeitura de Caraúbas irá disponibilizar um servidor para realizar o monitoramento das câmeras, que ficará na sede do destacamento da Polícia Militar. “Estamos apoiando e investindo nesse projeto por  entender que irá ter uma grande contribuição na segurança pública do nosso município. Venha participar conosco e fazer a nossa cidade mais segura”, explicou o prefeito Juninho Alves.

    ENTENDA

    O comandante do Centro de Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), tenente-coronel Kleber Macedo, explicou como funcionará o monitoramento de câmeras que será implantado em Caraúbas.
    De acordo com o comandante Macedo, o monitoramento vai acontecer por demanda, tanto em comércios, quanto em residências que aderirem ao projeto. Para ele, o monitoramento por demanda consiste em cadastrar as câmeras que já existem nas fachadas comerciais da cidade, em uma rede de internet interligada com a Polícia Militar do Rio Grande do Norte, onde as imagens dos circuitos vão para uma central de monitoramento, que poderão ser acessadas ao vivo ou por armazenamento de arquivos.

    “As imagens captadas junto às câmeras dos comércios e residências, cadastrados no Ciosp, serão emitidas para a central de monitoramento que será fixada na companhia da PM e essas imagens poderão ser vistas em tempo real ou em arquivos, caso necessário. Se por exemplo, um crime acontecer no centro da cidade, ou mesmo em outro local, através da central, vai ser possível identificar os suspeitos, por onde ele passar no momento da fuga, pois vamos ter câmeras em todas as partes da cidade”, disse tenente-coronel Macedo.

    O lançamento oficial do projeto “Caraúbas Vigilante”, acontecerá na próxima quinta-feira 09, 19h, quando acontecerá uma reunião no auditório da Prefeitura, com as presenças do tenente-coronel Macedo, do prefeito Juninho Alces, do vice-prefeito Paulo Brasil, presidente da CDL Antônio Gurgel de Brito, secretários, vereadores, comerciante e convidados.

    Nenhum comentário :

    Twitter

    -->

    Culture