Demolays e Filhas de Jó, realizam doações de roupas para famílias carentes, através de CRAS da cidade de Caraúbas (RN)

Demolays e Filhas de Jó, no momento da entrega das roupas ao coordenador Ricardo Adriano, no CRAS do Alto
Não é de agora que a família maçônica, através dos Demolays e Filhas de Jó, realizam um trabalho de doações de roupas, que são arrecadados, no decorrer de todo ano, para que neste período natalino sejam feitas várias doações atendendo a famílias carentes.

Uma das entidades atendidas com este projeto filantrópico, são os CRAS, que atendem em especial famílias extremamente carentes, que vivem, na sua maioria, na necessidade de atendimento assistencial.

Assim, vários tipos de peças de roupas foram doadas, como calças, bermudas, shorts, camisas, camisetas e outros acessórios, deixando a cargo da coordenação dos CRAS, a atingir grupos de famílias que realmente necessitam de ajuda, como esta.

O coordenador do CRAS Edigardo Braga da Silva, Ricardo Adriano, agradeceu muito, pela procura da unidade, que carece sempre deste tipo de trabalho de voluntarismo, visando atingir o público alvo, que são usuários de atendimento dos serviços de Centros de Referências e SCFV (Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos). 

"O nosso trabalho visa muito atender pessoas e famílias carentes e temos uma visualização muito precisa de onde podemos atingir, com esta ação, que todos os anos algumas entidades desenvolvem, em especial a família maçônica. Assim agradeço de coração pela lembrança, e assim atingimos em média 5 famílias de carência extrema e com um elevado números de membros familiares, que precisam sempre uma olhada especial de ajuda de nossas famílias caraubenses", disse o coordenador Ricardo Adriano.
Demolays e Filhas de Jó, realizam doações de roupas para famílias carentes, através de CRAS da cidade de Caraúbas (RN) Demolays e Filhas de Jó, realizam doações de roupas para famílias carentes, através de CRAS da cidade de Caraúbas (RN) Reviewed by Ricardo Adriano on dezembro 28, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário

Teste Teste Teste Teste

Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste Teste