Adbox
Tecnologia do Blogger.

Liturgia da Palavra de hoje (27)

Primeira Leitura (1Jo 1,1-4)
Leitura da Primeira Carta de São João.
1Caríssimos, o que era desde o princípio, o que nós ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e as nossas mãos tocaram da Palavra da Vida, — 2de fato, a Vida manifestou-se e nós a vimos, e somos testemunhas, e a vós anunciamos a Vida eterna, que estava junto do Pai e que se tornou visível para nós —3isso que vimos e ouvimos, nós vos anunciamos, para que estejais em comunhão conosco. E a nossa comunhão é com o Pai e com seu Filho, Jesus Cristo. 4Nós vos escrevemos estas coisas para que a nossa alegria fique completa.
- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.

Responsório (Sl 96)
— Ó justos, alegrai-vos no Senhor!
— Ó justos, alegrai-vos no Senhor!
— Deus é Rei! Exulte a terra de alegria, e as ilhas numerosas rejubilem! Treva e nuvem o rodeiam no seu trono, que se apoia na justiça e no direito.
— As montanhas se derretem como cera ante a face do Senhor de toda a terra; e assim proclama o céu sua justiça, todos os povos podem ver a sua glória.
— Uma luz já se levanta para os justos, e a alegria, para os retos corações. Homens justos, alegrai-vos no Senhor, celebrai e bendizei seu Santo nome!

Evangelho (Jo 20,2-8)
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.
— Glória a vós, Senhor.
No primeiro dia da semana, 2Maria Madalena saiu correndo e foi encontrar Simão Pedro e o outro discípulo, aquele que Jesus amava, e lhes disse: “Tiraram o Senhor do túmulo, e não sabemos onde o colocaram”. 3Saíram, então, Pedro e o outro discípulo e foram ao túmulo. 4Os dois corriam juntos, mas o outro discípulo correu mais depressa que Pedro e chegou primeiro ao túmulo. 5Olhando para dentro, viu as faixas de linho no chão, mas não entrou. 6Chegou também Simão Pedro, que vinha correndo atrás, e entrou no túmulo. Viu as faixas de linho deitadas no chão 7e o pano que tinha estado sobre a cabeça de Jesus, não posto com as faixas, mas enrolado num lugar à parte. 8Então entrou também o outro discípulo, que tinha chegado primeiro ao túmulo. Ele viu e acreditou.
— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Homilia
Hoje, temos a graça nesse contexto natalino, de celebrarmos o apóstolo São João. Ontem, celebramos o primeiro mártir que foi Estêvão, hoje celebramos o único apóstolo que não foi mártir, que é justamente João, o evangelista.
João é o evangelista do amor, da poesia cristã, é aquele que nos ajuda a amar de forma terna e bela o Verbo Encarnado, o Verbo manifestado. A vida eterna que estava em Deus, agora está no meio de nós. É João que, nos ensina a amarmos com poesia, com ternura, afeto, com o coração e não só com a razão, nos ensina a amar esse Deus que está no meio de nós.
João traz para nós a alegria, a vivacidade, a presença do Deus vivo e encarnado no meio de nós. É ele que nos diz justamente isso: “Os nossos olhos contemplaram e somos testemunhas de que, a vida eterna que estava no Pai, está entre nós”.
João nos dá os olhos da fé, pois é ele quem vai nos dizer que esse menino que nasce, é a luz do mundo, é a luz que traz brilho à nossa vida; é a luz que ilumina os olhos da nossa existência, para contemplarmos Jesus.
Nesse tempo que estamos vivendo, vamos contemplar Jesus, vamos vê-Lo, vamos ao encontro d’Ele, para que a nossa vida tenha brilho, luz e a graça.
Não podemos mais vivermos apagados, uma sem graça, sem gosto, sem sabor, sem luz; nas trevas e na escuridão.
Deus não nos quer na escuridão, Ele nos quer na luz, na claridade; Ele quer que a nossa vida esteja brilhando para os outros. Não entenda “brilhar para os outros”, como se tivéssemos que chamar atenção para nós. É Jesus, que vive em nós, quem deve chamar atenção. 
Que a nossa vida abrilhante essa graça, essa ternura de Deus manifestada, viva e presente no meio de nós. Se o Natal é a festa das luzes, só há uma luz que, verdadeiramente, ilumina a nossa vida, essa luz chama-se: Jesus. É a Ele que queremos adorar, louvar, bendizer e engrandecer.
Deus abençoe você!
Share on Google Plus

Sobre Ricardo Adriano

Sou pedagogo de formação, amo música, livros, poesias, trabalho com jardinagem e tudo um pouco, já fiz "um pouco". Sou amante da vida, da informação, das notícias que são levadas a você leitor (a). Estamos aqui para interagir. Obrigado por acessar este espaço.

0 comentários: